PUBLICIDADE
Topo

Messi x Cristiano Ronaldo: Um sonho para curtir e, claro, debater!

Cristiano Ronaldo e Messi seguem sendo protagonistas do futebol mundial - GettyImages
Cristiano Ronaldo e Messi seguem sendo protagonistas do futebol mundial Imagem: GettyImages
Julio Gomes

Julio Gomes é jornalista esportivo desde que nasceu. Mas ganha para isso desde 1998, quando começou a carreira no UOL, onde foi editor de Esporte e trabalhou até 2003. Viveu por mais de 5 anos na Europa - a maior parte do tempo em Madrid, mas também em Londres, Paris e Lisboa. Neste período, estudou, foi correspondente da TV e Rádio Bandeirantes e comentarista do Canal+ espanhol, entre outras publicações europeias. Após a volta para a terrinha natal, foi editor-chefe de mídias digitais e comentarista da ESPN e também editor-chefe da BBC Brasil. Já cobriu cinco Copas do Mundo e, desde 2013, está de volta à primeira das casas.

01/10/2020 13h27

Quiseram os deuses das bolinhas que Messi e Cristiano Ronaldo voltassem a estar frente a frente em suas carreiras - que, como sabemos, já não estão mais no comecinho, então era capaz que não tivéssemos mais a oportunidade.

Juventus e Barcelona foram sorteados para cair no mesmo grupo da Liga dos Campeões da Europa 2020/21, o G, que terá também Dynamo Kiev, da Ucrânia, e Ferencvaros, da Hungria.

Ou seja, esportivamente não há grande desafio aqui, os dois clubes grandões devem se classificar sem problemas para as oitavas de final e disputarão quem vai como primeiro, quem vai como segundo. Mas puxa vida, que delícia ver frente a frente os dois maiores jogadores do século, dois dos maiores da história.

Mesmo que os jogos não sejam tão valiosos assim, que coisa espetacular o sorteio desta quinta nos proporciona!

Quem é melhor? Quem foi melhor? Quem teve a carreira mais consistente? Os debates sobre Messi x CR7 nortearam nossas vidas - as dos que amamos o futebol - ao longo dos últimos 12 ou 13 anos. É muita coisa. Que outro debate entre "este ou aquele" foi tão forte, tão equilibrado, tão apaixonado? E não estou falando só de futebol!

(Nem me venham com Pelé x Maradona, este é um "não-debate").

Muitos dizem: "Por que debater? Não podemos curtir um e outro?". Talvez eu mesmo já tenha dito isso alguma vez. O problema deste debate é quando, para defender um, ataca-se o outro. E isso não tem muito sentido. Sou contra detonar um para glorificar outro.

Para mim, Messi é o maior jogador da história pós-Pelé. Cristiano Ronaldo é o maior atacante "puro" de todos os tempos - e vejam que usei o termo maior, não melhor, pois acho que ele tem um significado que vai além da bola que joga.

O debate é, sim, válido. Eles não são iguais, eles jogam de formas diferentes, eles foram mudando ao longo dos anos, eles envelheceram. Mas compartilharam Ligas dos Campeões, Bolas de Ouro, prêmios Fifa, dividiram atenções, ganharam muito dinheiro, trouxeram muita gente para "dentro" do futebol. É claro que o debate é válido!

Mais válido ainda é o sonho. Sonhar com outra final europeia entre eles, cada vez mais difícil. Talvez nunca mais ocorra. Podemos sonhar.

E, por enquanto, neste ano tão difícil que foi e está sendo 2020, podemos curtir. Não sabemos se haverá alguém no estádio para ver ou se os únicos privilegiados serão os que estiverem no campo com eles, vestindo as camisas pesadas e históricas de Juventus e Barcelona.

Eu estarei diante da TV. Não perco por nada.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL