Danilo Lavieri

Danilo Lavieri

Siga nas redes
OpiniãoEsporte

Confusão da CBF na Justiça mexe com futuro da seleção e Carlo Ancelotti

A confusão jurídica que envolve a presidência da CBF pode atingir diretamente a seleção brasileira e até mesmo o acordo alinhado com Carlo Ancelotti.

O italiano e seu staff conversaram durante todo o tempo com Ednaldo Rodrigues e deixaram acertado que a contratação seria anunciada oficialmente em janeiro e 2024, para o trabalho começar em junho desse mesmo ano. Sem Ednaldo, será que o técnico do Real Madrid vai querer manter o acordo?

Mais do que isso: se Ednaldo não voltar, será que o seu substituto vai querer manter o italiano como a primeira opção? Como fica a cabeça do técnico vendo a confusão jurídica em que seu próximo empregador está metido? Que tipo de segurança você tem em largar a Europa para cruzar o Oceano Atlântico sabendo que essa guerra ainda pode durar meses na Justiça?

Vale lembrar que, por questões legais, não há nenhum documento assinado. O acordo é verbal, embora a CBF diga que está muito segura de que tudo será cumprido. Ou seja, Carlo Ancelotti não precisaria nem mesmo pagar multa ou qualquer coisa do tipo: bastaria desistir e deixar a seleção brasileira sem seu plano A.

A seleção brasileira corre perigo.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes