PUBLICIDADE
Topo

Doncic "virou jogador" em SP e até tirou foto de estrelas para brasileiro

Kevin Jairaj/USA Today Sports
Imagem: Kevin Jairaj/USA Today Sports

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

04/12/2019 04h00

Vocês já ouviram falar de Luka Doncic? Este esloveno de 2,01m e apenas 20 anos encanta a NBA desde a temporada passada e se consolidou como um dos grandes nomes da liga na atual disputa. Eleito o melhor jogador de outubro/novembro da Conferência Oeste, o ala-armador do Dallas Mavericks se tornou realmente um atleta de basquete longe do estado texano, mais precisamente em São Paulo, no Ginásio do Ibirapuera, como um anônimo.

Luka tinha 16 anos quando entrou na rotação do Real Madrid nos dois jogos contra o Bauru, pela Taça Intercontinental. Ainda um adolescente em desenvolvimento, tanto físico quanto técnico, o esloveno sensação da NBA até fez o favor para um fã brasileiro de basquete, que aproveitou a gentileza do atleta para registrar uma imagem com outro grande atleta da bola laranja.

"Queria tirar fotos com o Sérgio Llull e o Rudy Fernández, principalmente. Uns caras do estafe do Real Madrid tiraram as primeiras fotos e entraram no ônibus, não tinha mais ninguém ali; eu era a única pessoa esperando os jogadores. Aí saiu o Llull, um pouco na frente, mexendo no celular. Abordei e pedi uma foto; atrás dele estava saindo um garoto com uniforme do Real Madrid e não tive dúvidas de pedir para ele fotografar. Este garoto era Luka Doncic", contou ao UOL Esporte Matheus Pereira, 24 anos, estudante de geografia.

"Eu sabia quem era Luka Doncic; para mim era um jovem na primeira competição participando da rotação. O próprio técnico do Real Madrid na época disse que o cara não estava lá para ganhar experiência, e sim para jogar. Sabia que era um jogador que olhavam com carinho, mas ele tinha 16 anos", acrescenta o geógrafo, que rapidamente se arrependeu um pouquinho de só pedir para um jovem Doncic ser fotógrafo.

Matheus Pereira e Sergio Llull - Luka Doncic/UOL Esporte - Luka Doncic/UOL Esporte
Luka Doncic registrou esta foto de Matheus com Sérgio Llull
Imagem: Luka Doncic/UOL Esporte

Diante da colaboração tímida de Doncic, que fotografou Matheus justamente com o MVP do torneio no Ibirapuera, o Real Madrid ficou com o título no saldo de cestas. No primeiro jogo, o clube espanhol perdeu para o Bauru por 91 a 90, mas levou o troféu ao triunfar por 91 a 79 e superar os brasileiros.

Na primeira competição "séria" como membro da rotação do Real Madrid, Doncic anotou quatro pontos e atuou por 16min no jogo que assegurou o título madridista; no primeiro duelo, zerou e esteve 7min em quadra.

"Acompanho basquete europeu há tempo, e em 2017, dois anos depois daquele encontro em São Paulo, a Eslovênia ganha o Eurobasket e ele vai para a seleção do campeonato. Nessa época já pensei: 'como deixei passar a oportunidade de ter conversado mais e tirado uma foto com ele'", brinca, repetindo para a reportagem a famosa história dentro do público mais maciço do basquete.

O Doncic fotógrafo cresceu e virou grande estrela. Pelo Real Madrid e entrando na fase adulta, ganhou os prêmios de MVP da Liga Espanhola, da Euroliga e das finais desta mesma Euroliga no ano de 2018. Em 2019, virou o Novato do Ano da NBA ao impressionar com o Dallas Mavericks.

Entre outubro e novembro, anotou médias de 30.8 pontos, 9.9 rebotes e 9.6 assistências por jogo. É o melhor do Oeste na NBA. Agora, se credencia a virar o melhor de toda a liga americana. Matheus, hoje, deve querer uma foto com o ainda jovem Luka Doncic.

Basquete