PUBLICIDADE
Topo

Tiririca diz que desistirá de reeleição após perder número para Eduardo

O deputado federal Tiririca (PL-SP) e o recém-filiado Eduardo Bolsonaro - Divulgação e Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados
O deputado federal Tiririca (PL-SP) e o recém-filiado Eduardo Bolsonaro Imagem: Divulgação e Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados

Do UOL, em São Paulo

24/05/2022 20h43Atualizada em 24/05/2022 21h16

O deputado federal Tiririca (PL-SP) disse que não vai tentar se reeleger após ser informado que o seu partido irá passar o número dele de votação na urna para o recém-filiado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, também do PL. O humorista usa o número "2222" desde 2010, que é tido como um dos mais fáceis do eleitorado memorizar.

"Foi uma covardia o que fizeram. Estou muito chateado e me sinto desrespeitado. Já decidi que não sairei candidato neste ano", declarou o político e humorista ao Portal G1.

No sábado (21), o parlamentar declarou à CNN Brasil que poderia desistir de tentar se reeleger caso seu partido decidisse passar o seu número para Eduardo Bolsonaro.

"Aconteceram umas coisas com o partido que me deixaram meio chateado. Estão querendo pegar meu número para dar para o Eduardo Bolsonaro", disse Tiririca no sábado.

O deputado federal Capitão Augusto (PL-SP), que é articulador da legenda em São Paulo, também comentou a questão com a emissora no último final de semana. Segundo o político, os números só vão ser definidos em julho ou agosto e "o número para quem já tem nome não é fundamental".

Eduardo Bolsonaro se filiou este ano ao PL, dentro do período da janela partidária, seguindo seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, que se juntou ao partido em novembro de 2021. Em 2018, Eduardo se elegeu pelo PSL; em 2014, ele estava no PSC.

O UOL tenta contato com Eduardo através do e-mail disponibilizado no site da Câmara dos Deputados e a nota será atualizada em caso de resposta.