PUBLICIDADE
Topo

Real Time Big Data na Bahia: com 55%, ACM Neto venceria no primeiro turno

Demais candidatos ao governo da Bahia somam 29% das intenções de voto, mostra levantamento - Valter Pontes/Secom
Demais candidatos ao governo da Bahia somam 29% das intenções de voto, mostra levantamento Imagem: Valter Pontes/Secom

Do UOL, em São Paulo

17/05/2022 13h14Atualizada em 17/05/2022 14h34

Pesquisa Real Time Big Data, contratada pela Record TV e divulgada hoje, mostra o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União Brasil) na liderança para o governo da Bahia. Com 55% das intenções de voto na pesquisa estimulada —quando o entrevistado recebe uma lista com os nomes dos pré-candidatos—, ACM Neto venceria no primeiro turno caso as eleições fossem hoje.

No cenário testado pelo instituto, os demais candidatos somam 29% das intenções. Jerônimo Rodrigues (PT) tem 18%; o ex-ministro da Cidadania João Roma (Republicanos), 10% e Kleber Rosa (PSOL), 1%. Brancos e nulos são 9%, e os que não sabem ou não responderam, 7%. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

O instituto ouviu 1.500 eleitores baianos por telefone, entre os dias 14 e 16 de maio. O nível de confiança da pesquisa é de de 95%, e foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o protocolo BA-06101/2022.

Veja o cenário testado pela pesquisa:

  • ACM Neto (União Brasil): 55%
  • Jerônimo Rodrigues (PT): 18%
  • João Roma (Republicanos): 10%
  • Kleber Rosa (PSOL): 1%
  • Brancos/nulos: 9%
  • Não sabem/não responderam: 7%

Pesquisa espontânea

Na pesquisa espontânea, ou seja, quando os nomes dos candidatos não são apresentados para os entrevistados, ACM Neto também lidera com folga. Já Rodrigues e Roma aparecem tecnicamente empatados dentro da margem de erro.

  • ACM Neto (União Brasil): 20%
  • Jerônimo Rodrigues (PT): 6%
  • João Roma (Republicanos): 5%
  • Kleber Rosas (PSOL): 0
  • Brancos/nulos: 4%
  • Não sabem/não responderam: 64%

Disputa para o Senado

Na disputa para a vaga do Senado, o atual senador Otto Alencar aparece com tendências de se reeleger.

Estimulada

  • Otto Alencar (PSD) - 30%
  • Dra. Raíssa Soares (PL) - 10%
  • Cacá Leão (PP) - 6%
  • Tâmara Azevedo (PSOL) - 4%
  • Brancos/Nulos - 22%
  • Não sabem/Não responderam - 28%

Espontânea

No levantamento espontâneo, os quatro nomes que foram mencionados estão empatados dentro da margem de erro.

  • Otto Alencar (PSD) - 7%
  • Dra. Raíssa Soares (PL) - 3%
  • Cacá Leão (PP) - 2%
  • Jaques Wagner (PT) - 1%
  • Brancos/Nulos - 5%
  • Não sabem/Não responderam - 82%