PUBLICIDADE
Topo

Genial/Quaest em SP: Haddad tem 30%; França, 17%, e Tarcísio, 10%

Do UOL, em São Paulo

12/05/2022 08h26Atualizada em 12/05/2022 11h19

Pesquisa realizada pelo Instituto Quaest, contratada pelo Banco Genial e divulgada hoje, aponta o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) na liderança da disputa pelo governo do estado de SP, com 30% das intenções de voto no cenário com mais pré-candidatos da pesquisa estimulada —quando o entrevistado recebe uma lista com os nomes dos pré-candidatos.

O ex-governador Márcio França (PSB) aparece em segundo lugar, com 17%, seguido pelo ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos), com 10% —ele é apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL).

O governador Rodrigo Garcia (PSDB), que disputa a reeleição, registrou 5% das intenções de voto. Na sequência, aparecem Felício Ramuth (PSD), Elvis Cezar (PDT), Vinícius Poit (Novo), Gabriel Colombo (PCB), Altino Junior (PSTU) e Abraham Weintraub (PMB), todos com 1% das intenções de voto. Como a margem de erro é de 2,4 pontos percentuais, eles estão tecnicamente empatados com Garcia.

Os que disseram que votariam branco, nulo ou não pretendem votar foram 19%, e os indecisos, 14%.

Essa é a primeira pesquisa Genial/Quaest sem o nome de Guilherme Boulos (PSOL), que em março anunciou que não será candidato a governador —ele disputará uma vaga na Câmara dos Deputados.

Esse cenário principal testado não é comparável com o do levantamento de março, já que houve mudança na lista de pré-candidatos —os nomes de Boulos e Renata Abreu (Podemos) foram retirados, e entraram os pré-candidatos Elvis Cezar, Gabriel Colombo e Altino Junior.

A pesquisa, contratada pelo Banco Genial, ouviu 1.640 eleitores com 16 anos ou mais entre os dias 6 e 9 de maio por meio de entrevistas face a face. A margem de erro do levantamento é de 2,4 pontos percentuais para mais ou para menos, com índice de confiança de 95%. Os registros junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) são SP-00620/2022 e BR-09290/2022.

Cenários testados para o 1º turno

Cenário 1

  • Fernando Haddad (PT): 30%
  • Márcio França (PSB): 17%
  • Tarcísio de Freitas (Republicanos): 10%
  • Rodrigo Garcia (PSDB): 5%
  • Felício Ramuth (PSD): 1%
  • Elvis Cezar (PDT): 1%
  • Vinícius Poit (Novo): 1%
  • Gabriel Colombo (PCB): 1%
  • Altino Junior (PSTU): 1%
  • Abraham Weintraub (PMB): 1%
  • Branco/nulo/não pretende votar: 19%
  • Indecisos: 14%

Cenário 2

  • Fernando Haddad (PT): 37%
  • Tarcísio de Freitas (Republicanos): 14%
  • Rodrigo Garcia (PSDB): 8%
  • Felício Ramuth (PSD): 2%
  • Vinícius Poit (Novo): 2%
  • Branco/nulo/não pretende votar: 26%
  • Indecisos: 13%

Cenário 3

  • Márcio França (PSB): 29%
  • Tarcísio de Freitas (Republicanos): 12%
  • Rodrigo Garcia (PSDB): 9%
  • Vinícius Poit (Novo): 3%
  • Felício Ramuth (PSD): 2%
  • Branco/nulo/não pretende votar: 30%
  • Indecisos: 15%

Cenário 4

  • Fernando Haddad (PT): 39%
  • Tarcísio de Freitas (Republicanos): 14%
  • Rodrigo Garcia (PSDB): 9%
  • Branco/nulo/não pretende votar: 25%
  • Indecisos: 13%

Pesquisa espontânea

Na pesquisa espontânea, quando não são apresentados os pré-candidatos que estão na disputa, todos os nomes empatam dentro da margem de erro de 2,4 pontos percentuais.

Haddad e Tarcísio cresceram, de 2% para 5%, em comparação ao levantamento de março; França ficou estável, com 1%. Veja o resultado a seguir:

  • Ainda não escolheram/indecisos: 84%
  • Fernando Haddad (PT): 5%
  • Tarcísio de Freitas (Republicanos): 5%
  • Rodrigo Garcia (PSDB): 3%
  • Márcio França (PSB): 1%

Simulações de 2º turno

A pesquisa Genial/Quaest fez seis simulações de 2º turno. Nos três em que está presente, contra França, Tarcísio e Garcia, Haddad sai vencedor.

O pré-candidato do PSB, por sua vez, vence Tarcísio e Garcia. Na disputa entre Garcia e Tarcísio, os dois ficam empatados numericamente. Veja os resultados a seguir:

Cenário 1

  • Fernando Haddad (PT): 38%
  • Márcio França (PSB): 32%
  • Branco/nulo/não vai votar: 19%
  • Indecisos: 10%

Cenário 2

  • Fernando Haddad (PT): 45%
  • Tarcísio de Freitas (Republicanos): 23%
  • Branco/nulo/não vai votar: 22%
  • Indecisos: 10%

Cenário 3

  • Fernando Haddad (PT|): 44%
  • Rodrigo Garcia (PSBD): 21%
  • Branco/nulo/não vai votar: 25%
  • Indecisos: 10%

Cenário 4

  • Márcio França (PSB): 42%
  • Tarcísio de Freitas (Republicanos): 20%
  • Branco/nulo/não vai votar: 25%
  • Indecisos: 14%

Cenário 5

  • Márcio França (PSB): 41%
  • Rodrigo Garcia (PSDB): 18%
  • Branco/nulo/não vai votar: 28%
  • Indecisos: 13%

Cenário 6

  • Tarcísio de Freitas (Republicanos): 23%
  • Rodrigo Garcia (PSDB): 23%
  • Branco/nulo/não vai votar: 37%
  • Indecisos: 17%

O Quaest é um instituto de pesquisas com sede em Belo Horizonte. Até 2020, segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a empresa realizava pesquisas eleitorais só em Minas Gerais. Hoje, faz levantamentos sobre intenções de voto para presidente. O instituto tem uma parceria com a Genial Investimentos, a qual financia levantamentos sobre a corrida presidencial de 2022. As pesquisas são realizadas com entrevistas presenciais.