PUBLICIDADE
Topo

Carro "indestrutível" tem até sistema anticolisão a laser; conheça

Sistema Lidar - Divulgação
Sistema Lidar Imagem: Divulgação

Do UOL

Em São Paulo (SP)

16/06/2021 14h50

Pensando em um futuro com carros mais seguros para seus ocupantes, a empresa Luminar está desenvolvendo o sistema Lidar de identificação de objetos para veículos. A marca, que recentemente abriu capital na bolsa de valores, já tem um acordo com a Volvo para colocar seus sensores a laser embutidos no teto dos carros da montadora sueca no próximo ano.

Por enquanto, o desenvolvimento do modelo segue a todo vapor. O Lidar utiliza um sensor a laser que usa luz infravermelha próxima para detectar as formas dos objetos. Com isso, o veículo identifica carros, pedestres e ciclistas sem a ajuda de um GPS e conexão de rede.

Em uma demonstração à publicação The Verge, tudo que o carro 'vê' é passado para telas montadas nos bancos traseiros do veículo. É possível ver o contorno dos objetos e até detalhes de todos eles em alta definição.

O sistema é muito melhor do que os utilizados atualmente pela indústria automotiva para a prevenção de colisões, de acordo com Austin Russell, CEO da Luminar. Segundo ele, as montadoras tendem a favorecer o teste de seus sistemas em condições perfeitas, como em dias ensolarados com objetos completamente estáticos.

"Os sistemas são surpreendentemente ruins", disse. "Na verdade, estamos avançando em direção à visão de zero colisão, construindo o carro 'indestrutível".

Os carros equipados com o Lidar da Luminar seriam capazes de detectar com mais segurança os usuários das estradas e evitar a ocorrência de acidentes. O Lidar da Luminar usa ondas excepcionalmente longas de luz laser, o que ajuda a detectar até mesmo objetos pequenos e de baixo reflexo, como carros de cor escura, animais e até uma criança correndo na rua.

Objetos assim podem ser vistos em um raio de 250 metros, enquanto que objetos maiores e mais brilhantes podem ser vistos em um raio de 500 metros.

Russell diz que a Luminar planeja vender o Lidar para seus clientes por US$ 1.000 (R$ 5.046), com o objetivo de reduzir esse número para US$ 500 (R$ 2.523).

Além da Volvo, a empresa também tem pré-acordos com Audi, Toyota Research Institute, Intel's Mobileye, Daimler caminhões, Airbus e as chinesas SAIC e Pony.ai.