PUBLICIDADE
Topo

Quais são os cinco lançamentos prometidos pela Renault no Brasil até 2022

Renault Kwid reestilizado - Divulgação
Renault Kwid reestilizado Imagem: Divulgação

José Antonio Leme

Do UOL, em São Paulo (SP)

02/03/2021 16h31

A Renault anunciou ontem um investimento de R$ 1,1 bilhão para renovação de produtos no Brasil. O anúncio pegou todos de surpresa, uma vez que o CEO mundial da companhia disse que estava reavaliando investimentos na área e também novos produtos, citando especificamente o Brasil.

No anúncio, a empresa confirmou que serão "cinco novidades até o primeiro semestre de 2022, incluindo a renovação da gama atual", além de dois novos veículos elétricos destinados ao mercado brasileiro. Ou seja, por enquanto, sem espaço para novos produtos, apenas atualizações do que já temos por aqui.

A primeira novidade é a reestilização do Kwid. O modelo que já foi apresentado em outros mercados, como Índia e África do Sul, vai ganhar o mesmo visual com novos faróis, grade e para-choque foi que implementado no carro vendido nesses mercados e também que está na versão elétrica. O conjunto óptico ficou bipartido e deixou o carro mais sofisticado.

Outra novidade, essa confirmada pela própria Renault, é o motor 1.3 turbo. Esse propulsor surgiu da parceria com a Daimler (empresa mãe da Mercedes-Benz) e deve render até 170 cv com a tecnologia flexível, rodando com etanol. A sua estréia será no Captur com câmbio CVT. A ideia é usar o visual mais requintado do SUV com o novo conjunto mecânico para vender ele com maior valor agregado.

Além do novo motor, o Captur terá uma reestilização de meio de vida. O modelo foi lançado no Brasil em 2017 usando a mesma pltaforma do Duster que o deixou maior que o Captur europeu. O modelo era vendido até agora com os motores 1.6 e 2.0, ambos flexíveis. O 2.0 dá adeus e o 1.6 deve ser mantido apenas nas opções de entrada. Por dentro, novo acabamento, com mais requinte para distanciar o Captur do Duster.

Esse dinheiro irá servir também para a reestilização da picape Oroch. Ela que ainda não recebeu as melhorias e alterações que foram aplicadas ao Duster, terá sua mudança agora. Tudo que foi alterado no Duster também será incluído na picape, isso significa o interior com acabamento melhor, a nova dianteira e também alterações nas lanternas traseiras. A adoção do motor 1.3 turbo ainda é uma incógnita.

Por fim, a reestilização do utilitário Master que é vendido no Brasil em quatro versões. O modelo é um dos líderes do segmento e um projeto de rentabilidade para a Renault. Agora, é a hora de receber a mesma atualização no visual que está à venda na Europa.

Renault Kangoo 2022 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Elétricos

Um dos elétricos, que é certo, é o Zoe reestilizado. O modelo já está à venda na Europa com um tapinha no visual. Ele ganhou também uma bateria de íons de lítio com maior capacidade (52 kWh) e que oferece uma autonomia estimada de 390 km. Outras novidades são luzes de LEDs em todas as versões e opção de recarga em corrente direta ou alternada.

A outra novidade deve ser a renovação do utilitário Kangoo, que é oferecido em versão elétrica para clientes corporativos. Ela foi mostrada ano passado na Europa e, como o nosso elétrico vem importado, mudará junto com o mercado europeu. Os dados técnicos da nova geração e da nova opção elétrica não foram divulgados.

Renault Kwid reestilizado - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação