PUBLICIDADE
Topo

BBB 21: novo SUV da Fiat será entregue ao vencedor do programa

Novo SUV da Fiat já foi flagrado rodando pelas ruas - Cloud of Vape/Acervo Pessoal
Novo SUV da Fiat já foi flagrado rodando pelas ruas Imagem: Cloud of Vape/Acervo Pessoal

Do UOL, em São Paulo

02/03/2021 13h00

A Fiat mais uma vez será patrocinadora do Big Brother Brasil. Em ação realizada hoje, a empresa apresentou alguns carros da marca aos participantes e anunciou que o novo SUV da montadora, que será lançado nos próximos meses, será dado ao vencedor do programa.

A ação da Fiat nesta terça-feira surpreendeu os participantes na área externa da casa. Seguindo algumas instruções, procuraram letras dentro dos carros e tiveram acesso a um vídeo em que foram mostradas as etapas de fabricação de um carro. No fim, a montadora anunciou que o ganhador do programa levará para casa seu novo SUV.

Um dos principais lançamentos do mercado em 2021, o inédito SUV compacto é construído sobre a base do Argo e que terá como rivais modelos como Volkswagen Nivus e Honda WR-V.

O nome do primeiro utilitário esportivo da marca não foi revelado, sendo chamado de "Fiat 363", que é o código interno do projeto, em hotsite lançado hoje. Por lá, a Fiat vai antecipar novidades do novo SUV em quatro episódios que vão ser lançados após ativações da marca dentro da casa do BBB com os participantes.

O BBB 21 está programado para encerrar em maio. Até lá, o modelo será revelado oficialmente pela Fiat, após as ações no programa, antes de começar a ser vendido oficialmente no início do segundo semestre de 2021.

Motores e câmbios

Flagrado pelas ruas desde o ano passado, ainda camuflado, terá sob o capô, ao menos nas configurações mais caras, motor 1.0 turbo de três cilindros. O propulsor vai entregar algo em torno de 120 cv e 20 kgfm e também será acompanhado pela transmissão CVT.

Para as versões de entrada, o motor será o 1.3 de quatro cilindros, também da família Firefly, que rende até 109 cv e 14,2 mkgf. Aqui, como ocorre com os demais concorrentes, a Fiat deve manter também só o câmbio automático para gerar maior valor agregado ao produto.