PUBLICIDADE
Topo

Mesmo com alta no preço da gasolina, etanol só vale a pena em 5 Estados

Etanol subiu menos do que a gasolina, mas só vale a pena abastecer com o derivado da cana-de-açúcar em Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná e São Paulo - Pedro H. Tesch/Agência Eleven
Etanol subiu menos do que a gasolina, mas só vale a pena abastecer com o derivado da cana-de-açúcar em Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná e São Paulo
Imagem: Pedro H. Tesch/Agência Eleven

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

07/07/2020 15h35

Após apresentar recuo até maio, o preço dos combustíveis nas bombas aumentou em junho.

A maior elevação foi da gasolina, cujo litro no mês passado saiu em média por R$ 4,151 - alta de R$ 3,63%.

De acordo com a Ticket Log, o derivado do petróleo foi o único combustível que encareceu em todos os Estados.

O etanol, por sua vez, fechou junho com alta de 3,59%, com valor médio de R$ 3,320, enquanto o diesel subiu 1,38% no mesmo período.

Mesmo subindo mais do que o derivado da cana-de-açúcar, a gasolina ainda vale mais a pena na maioria dos Estados.

De acordo com levantamento da Ticket Log obtido com exclusividade por UOL Carros, o etanol é mais vantajoso apenas em cinco unidades da Federação: Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná e São Paulo.

O estudo considera os primeiros todos os dias de junho.

De acordo com Douglas Pina, head de mercado urbano da Edenred Brasil, o aumento no preço dos combustíveis já estava previsto como reflexo gradativo nas bombas, decorrente dos repasses de alta às refinarias que aconteceu em maio.

Ele salienta, porém, que junho foi o primeiro mês do ano a apresentar preços mais altos de fato para os três principais combustíveis: gasolina, etanol e diesel.

"A partir do mês passado, também começamos a perceber uma flexibilização maior da quarentena em muitas cidades brasileiras, com isso temos mais veículos em circulação, o que torna mais perceptível esse aumento para os motoristas", avalia o executivo.

A Ticket Log, empresa especializada em administração de frotas e soluções de mobilidade, é uma das marcas da Edenred.

Como é feito o cálculo

A definição dos Estados onde o etanol é mais vantajoso tem como base o IPTL (Índice de Preços Ticket Log).

O índice aponta o custo em reais por quilômetro rodado, levando em conta o preço médio do litro do combustível e o consumo médio - fixado em 8,5 km/l para o álcool e em 11,5 km/l para a gasolina. Evidentemente, há variações, dependendo do veículo.

É preciso considerar que o combustível de origem vegetal eleva o consumo em aproximadamente 30%, com variação para baixo ou para cima. Por esse motivo, só vale a pena usar etanol quando a diferença no preço supera percentualmente o gasto extra de combustível.

Veja onde vale mais a pena abastecer com etanol

+ Goiás
- Preço médio do litro do etanol: R$ 2,772
- Custo por km rodado com etanol: R$ 0,326

- Preço médio do litro da gasolina comum: R$ 4,054
- Custo por km rodado com gasolina comum: R$ 0,353

+ Mato Grosso
- Preço médio do litro do etanol: R$ 2,552
- Custo por km rodado com etanol: R$ 0,300

- Preço médio do litro da gasolina comum: R$ 4,132
- Custo por km rodado com gasolina comum: R$ 0,359

+ Minas Gerais
- Preço médio do litro do etanol: R$ 2,895
- Custo por km rodado com etanol: R$ 0,341

- Preço médio do litro da gasolina comum: R$ 4,267
- Custo por km rodado com gasolina comum: R$ 0,371

+ Paraná
- Preço médio do litro do etanol: R$ 2,772
- Custo por km rodado com etanol: R$ 0,326

- Preço médio do litro da gasolina comum: R$ 3,816
- Custo por km rodado com gasolina comum: R$ 0,332

+ São Paulo
- Preço médio do litro do etanol: R$ 2,509
- Custo por km rodado com etanol: R$ 0,295

- Preço médio do litro da gasolina comum: R$ 3,885
- Custo por km rodado com gasolina comum: R$ 0,338