Topo

Testes e lançamentos


BMW M4 Competition: testamos o esportivo que pode chegar ao Brasil em 2020

Ricardo Ribeiro

Colaboração para o UOL, em Schwangau (Alemanha)

02/11/2019 04h00

A versões M da BMW têm, em geral, uma mítica e um desempenho digno da divisão Motorsport da tradicional marca alemã. O M4, porém, nunca conseguiu honrar completamente o legado do M3, desde que chegou para substituí-lo, há cerca de quatro anos. Até agora.

Lançado neste ano, o M4 Competiton promete completar a tarefa e dar novo fôlego ao modelo, que chega ao meio de seu ciclo de vida. UOL Carros testou a configuração, que a BMW estuda importar para o Brasil no ano que vem.

O pacote M Competition inclui um conjunto de alterações mecânicas que elevam a perfomance, partes em fibra de carbono para a redução de peso e peças no exterior que deixam a aparência mais agressiva e também, em alguns casos, melhoram a aerodinâmica.

O motor 3.0, seis cilindros em linha biturbo, passa dos originais 431 cv de potência para 450 cv. O torque continua 56 kgfm. Assim, o M4 Competition atinge 100 km/h em apenas 4 segundos.

O diferencial ativo e o controle de tração foram ajustados para lidar com a potência extra. A suspensão também foi revista. Escapamento esportivo, rodas 20" de alumínio, freios de cerâmica e ronco forte do motor completam o pacote.

Ao volante

Divulgação
Imagem: Divulgação

UOL Carros dirigiu o M4 Competition por cerca de 200 km no sul da Alemanha, em direção à fronteira com a Áustria.

O modelo se destacou pela estabilidade, elevada ainda no modo de condução normal. Quando selecionamos os modos esportivos, o carro cola na estrada como poucos, o que permite devorar curvas com precisão e ousadia.

A tração traseira, claro, apimenta a diversão e deixa o comportamento mais arisco em algumas situações. A eletrônica, quando devidamente acionada, compensa inexperiências e erros, mas sem intervir de forma excessiva.

Embora menos potente que os rivais, o conjunto não deixa a desejar. O motor ofereceu respostas fortes e trabalhou entrosado com o câmbio dupla embreagem de 7 velocidades de trocas ágeis.

Para alegria e tristeza dos puristas, o M4 Competition também é oferecido com um câmbio manual de seis marchas, mas é quase certo que o mercado brasileiro receba apenas o câmbio opcional, como o do carro que testamos.

Excelente em conduções dinâmicas, o M4 Competition tem problemas para andar devagar. É que nos modos de condução normal ou conforto, certa dureza e rigidez é transmitida aos passageiros.

A direção também permanece pesada além do desejado, tornando o modelo menos versátil que concorrentes como Mercedes-AMG C63 e Audi RS5.

Ficha técnica

BMW M4 Competition
Motor: 3.0 a gasolina biturbo
Potência: 450 cv
Torque: 56 kgfm kgfm
Câmbio: dupla embreagem, sete velocidades
Dimensões: 4,68 m (comprimento), 2,81 m (entre-eixos), 1,86 m (largura), 1,39 (altura)
Porta-malas: 445 litros

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Testes e lançamentos