Topo

Testes e lançamentos


Novos Audi A6 e A7 chegam com visual mais esportivo e motor do Q8

Fabio Perrotta

Colaboração para o UOL, do Rio de Janeiro (RJ)*

19/09/2019 09h30

A Audi anunciou a chegada da nova geração do A6 e do A7 Sportback, com preços sugeridos de R$ 426.990 e R$ 456.990, respectivamente. O visual é a maior diferença entre os dois novos lançamentos. Enquanto o A6 aposta na elegância e em uma aparência mais formal, o A7 conquista o coração dos que buscam um visual mais esportivo e despojado.

Gêmeos bivitelinos, cada um dos modelos tem a suas características no design, mas debaixo do capô o DNA é o mesmo. Ambos chegam ao Brasil exclusivamente com motor V6 TFSI, que rende 340 cv e 50,1 kgfm de torque, gerenciado pela transmissão automática de sete marchas e com tração integral. É o mesmo trem de força utilizado no recém lançado Audi Q8.

Ambos também compartilham do mesmo sistema híbrido leve de 48 v. Com esse sistema, são capazes de rodar na cidade apenas no modo elétrico por alguns quilômetros e desligar o motor em velocidade de cruzeiro. Tudo para consumir menos combustível.

Na carroceria, apenas retrovisor, maçaneta, antena e argolas são iguais entre os modelos.

Rodas de 20 polegadas

Apesar do visual mais formal, o A6 traz elementos que buscam dar um toque mais esportivo ao modelo. Caso da grade dianteira mais larga que na geração anterior. Na lateral, as caixas de roda também cresceram e possibilitam que o sedã use rodas maiores. No Brasil, são de 20 polegadas de série. As lanternas traseiras têm LEDs orgânicos que podem ser acesos individualmente, dando um toque mais refinado e exclusivo ao visual do sedã.

O A7 tem uma pegada mais despojada. Segundo a Audi, ele reúne característica de diversos carros em uma carroceria. Espaço interno de sedã, porta-malas de perua e visual esportivo. Na nova geração ele também está de grade nova e mais larga. A maior diferença, além do caimento acentuado do teto, são as lanternas, interligadas por uma barra de LEDs. As rodas também são de 20 polegadas de série.

Em termos de dimensões, como não poderia ser diferente, A6 e A7 são bastante semelhantes. O espaço entre-eixos é de 2,92 m nos dois, sendo 1,2 cm maior que nas gerações anteriores. O ganho de espaço total para os passageiros, contudo, é ainda maior por conta do reposicionamento dos bancos. O espaço para as pernas cresceu em 2 cm.

Bem equipados

A lista de equipamentos de série é longa, mas também compartilhada. Os dois têm painel de instrumentos em tela TFT de 12,3 polegadas, central multimídia e mais uma tela para controlar funções do carro e do ar-condicionado. Além disso, trazem sistema de Park Assist, teto solar, faróis Full LED, Audi Drive Select, controle de cruzeiro adaptativo, conectividade com Android Auto e Apple Car Play, câmera com visão de "360 graus", dentre outros itens.

Como é de se esperar de carros que custam quase meio milhão de reais, a Audi não espera conseguir um grande volume de vendas com os modelos. Ainda assim, a marca pretende acirrar a briga e lutar pela liderança do segmento dos sedãs premium médios-grandes.

A6 e A7 estão em condições especiais de compra até o fim do mês. Há valorização de até R$ 30 mil em carro usado na troca e as duas primeiras revisões grátis para quem comprar até o dia 30 de setembro.

Segundo a Audi, há planos de trazer versões mais baratas e também mais esportivas, caso das opções S e RS, mas sem datas fechadas.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

*Viagem a convite da Audi

Mais Testes e lançamentos