Topo

Seu Automóvel


Seu Automóvel

Tem até Tesla em novo recall de airbags da Takata, com 1,7 milhão de carros

Quase 70 mil unidades do Tesla Model S têm "airbags fatais" - Divulgação
Quase 70 mil unidades do Tesla Model S têm "airbags fatais"
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

12/02/2019 15h56

Resumo da notícia

  • Novo chamado atinge sete fabricantes, incluindo VW e Ferrari
  • Subaru é "campeã" de unidades com mais de 826 mil unidades
  • Órgão estima que 50 milhões de carros já foram chamados para reparos nos EUA

O famoso problema nos airbags da Takata fez novas "vítimas". Sete fabricantes estão fazendo recalls por conta da falha nas bolsas infláveis, totalizando quase 1,74 milhão de carros defeituosos apenas nos Estados Unidos.

Segundo informações da agência de notícias "Associated  Press", veículos das marcas Audi, BMW, Daimler Vans, Ferrari, Mercedes-Benz, Subaru e Volkswagen estão no novo chamado. O grande destaque, porém, é a Tesla, que até então não havia aparecido nos recalls.

Confira abaixo as marcas incluídas no novo recall e o número de veículos envolvidos:

+ Tesla: Model S, 68.763 unidades fabricadas de 2014 a 2016 

+ BMW: modelos diversos, 266.044 unidades fabricadas de 2000 a 2004 e de 2007 a 2015

+ Daimler Vans: 159.689 veículos comerciais, fabricados de 2015 a 2017

+ Ferrari: 11.176 unidades de vários modelos, fabricadas de 2014 a 2018

+ Mercedes-Benz: 288.779 unidades de vários modelos, fabricadas de 2010 a 2017

+ Subaru: Forester, Legacy e Outback, 826.144 unidades fabricadas de 2010 a 2014

+ Volkswagen/Audi: diversos modelos, 119.394 unidades fabricadas de 2015 a 2017

Assim como em todos os outros casos, o problema está na possibilidade de ruptura do insuflador dos airbags. Nesta condição, há a possibilidade de fragmentos metálicos serem projetados para dentro da cabine. Apesar da falta de dados oficiais, estima-se que a falha tenha sido responsável por pelo menos 23 mortes e mais de 300 casos de vítimas não fatais no mundo inteiro.

Segundo o órgão responsável pela segurança viária nos EUA, mais de 50 milhões de carros já teriam sido chamados para recall. Deste total, por volta de 27 milhões já teriam sido consertados -- ou seja, 23 milhões ainda precisariam receber novos airbags.

No Brasil, a estimativa é que 3,5 milhões de veículos feitos por aqui tenham saído de fábrica com os "airbags fatais". Apesar das sucessivas campanhas, quase 2 milhões de carros ainda não foram consertados.

Mais Seu Automóvel