PUBLICIDADE
Topo

Primeira Classe

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Descobrimos tudo sobre a nova geração do Classe C - inclusive o preço

Mercedes-Benz Classe C 2022 - Divulgação
Mercedes-Benz Classe C 2022 Imagem: Divulgação
Conteúdo exclusivo para assinantes
Rafaela Borges

Rafaela Borges é jornalista automotiva desde 2003, com passagens por Carsale e Estadão. Escreve sobre o mercado de veículos, supercarros, viagens sobre rodas e tecnologia.

Colunista do UOL

19/11/2021 19h43

A nova geração do Mercedes-Benz Classe C estava prevista para setembro, mas por causa da crise de produção mundial gerada pela falta de semicondutores, atrasou e vai chegar ao Brasil no primeiro trimestre de 2022. As pré-vendas, porém, devem começar em breve, pois preços e versões do modelo já estão definidos, de acordo com algumas concessionárias.

Seguindo a nova diretriz da Mercedes-Benz, de importar apenas carros bem completos - e com preços estratosféricos em seus segmentos -, o novo Classe C deverá custar R$ 380 mil em sua versão de entrada, a C200. Para citar alguns dos rivais, a tabela do BMW Série 3 começa em pouco mais de R$ 300 mil e a do Audi A4, em torno de R$ 275 mil.

Já a C300 virá por nada menos que R$ 439 mil, segundo informações de fontes. Inicialmente, essas serão as duas versões do Classe C oferecidas no mercado brasileiro.

Motores

O C200 não usará o mesmo motor dos modelos da família Classe A (hatch, CLA, A Sedan, GLA e GLB). Esses trazem o 1.3 turbo de origem Renault. No C, o propulsor é 1.5 turbo e entrega 204 cv de potência.

O modelo vem com o sistema híbrido leve EQ Boost que, neste caso, é capaz de entregar 20 cv extras ao carro. Mais impressionante é o torque. O 1.5 turbo gera 30,6 mkgf, mas o pequeno propulsor elétrico auxilia com mais 20,4 mkgf.

Sistemas híbridos leves são aqueles que trazem um pequeno propulsor elétrico que auxilia o a combustão tanto para economizar combustível quanto, no caso do Classe C, para entregar potência extras. Esses motores, porém, não impulsionam o carro sozinhos, diferentemente do que ocorre com os híbridos convencionais.

O câmbio é automático de nove velocidades. Para acelerar de 0 a 100 km/h, o C200, que tem 4,75 metros de comprimento e 455 litros de capacidade no porta-malas, leva 7,3 segundos. A velocidade máxima é de 246 km/h.

No caso do C300, o 2.0 turbo tem 258 cv e 40,8 mkgf. Já o elétrico assegura mais 27 cv e 20,4 mkgf ao carro, para garantir 0 a 100 km/h em apenas 6 segundos - com 250 km/h de velocidade máxima.

Equipamentos

O Classe C sai de fábrica com rodas de 18" com pacote visual esportivo AMG Line e diversos sistemas de assistência. Entre eles, há o ao estacionamento, o de manutenção em faixas e o detector de ponto cego.

No pacote de conectividade, há o carregador de smartphones por indução (sem fio), painel virtual com tela de 12,3" e sistema de conectividade MBUX, que traz assistente de voz com inteligência artificial.

Os bancos dianteiros são elétricos, com memória, tanto para o motorista quanto para o passageiro. O C300 acrescenta itens interessantes como o sistema de navegação com realidade aumentada e uma tecnologia de assistência à condução mais completa - possivelmente, com sistema semiautônomo.

Além disso, traz um pacote de auxílio ao estacionamento que inclui câmeras 360. Outro destaque é o spoiler traseiro AMG. As rodas são de 19".

Oficialmente, a Mercedes-Benz informa que os preços de pré-venda são de R$ 349.990 para o C200 e de R$ 399.990 para o C300.