PUBLICIDADE
Topo

Primeira Classe

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Strada e HB20 perdem espaço em outubro; Argo lidera ranking de vendas

Fiat Argo foi o mais vendido em outubro - Divulgação
Fiat Argo foi o mais vendido em outubro Imagem: Divulgação
Conteúdo exclusivo para assinantes
Rafaela Borges

Rafaela Borges é jornalista automotiva desde 2003, com passagens por Carsale e Estadão. Escreve sobre o mercado de veículos, supercarros, viagens sobre rodas e tecnologia.

Colunista do UOL

01/11/2021 18h38

Pelo segundo mês seguido, a Strada ficou sem a posição de líder de mercado. O fenômeno, porém, está longe de abalar a hegemonia da Fiat no ranking de vendas, já que o veículo mais emplacado em outubro também foi de sua gama. Trata-se do hatch Argo.

Além disso, a primeira posição da Strada no acumulado do ano continua garantida. Isso porque o modelo mais próximo até setembro era o HB20. E o Hyundai, em outubro, não foi tão bem em vendas. Ele obteve apenas a sexta posição, ficando inclusive atrás da picape da Fiat, terceira colocada.

Em outubro, os quatro modelos mais vendidos do Brasil foram do Grupo Stellantis (Fiat, Jeep, Peugeot, Citroën e Ram, entre outras), que vem sofrendo menos que a concorrência com a crise de produção gerada pela falta mundial de semicondutores. O Argo somou 8.381 emplacamentos, ante os 6.723 do vice-líder, Renegade.

A Strada aparece com 6.130 unidades vendidas e o quarto colocado, Jeep Compass, com 6.097. Confira, abaixo, a lista dos dez mais vendidos em outubro.

No "top 10", chama a atenção o retorno da Chevrolet. No último dia útil de outubro, sexta-feira (29), a marca conseguiu um bom volume de vendas. O Onix, que estava na 12ª posição, encerrou o mês com o nono lugar.

Além disso, o Onix Plus foi o 11º mais vendido e o Tracker, o 12º. A Chevrolet havia paralisado a produção da linha Onix durante a maior parte do primeiro semestre de 2021, e a retomou em agosto. Aos poucos, os carros da família, que lideravam o mercado no pré-pandemia, vêm ganhando espaço.

SUVs

O Renegade vem se firmando como SUV compacto mais vendido em 2021. Em outubro, ele confirmou esse posto. Já a briga entre T-Cross e Creta pelo segundo lugar promete ficar cada vez mais acirrada até o fim do ano.

Em outubro, o Volkswagen levou a melhor. Foi vice-líder, com 6.008 emplacamentos. O Hyundai, agora renovado, ficou com o terceiro lugar, somando 5.492 unidades vendidas. No acumulado de 2021, o Creta ainda leva uma pequena vantagem.

A lista de SUVs compactos mais vendidos em outubro continua com o Tracker na quarta colocação e o Nivus em quinto. O HR-V foi sexto, seguido pelo Kicks e o C4 Cactus, respectivamente na sétima e oitava posições.

A lista dos dez mais emplacados no mês passado tem o Duster na nona colocação e o Tiggo 5X na décima.

Entre os SUVs médios, Compass e Corolla Cross (2.999 emplacamentos) continuam respectivamente na primeira e segunda colocações. O Taos ganha força na terceira posição, se afastando de vez do Tiggo 8.

Em outubro, o Volkswagen somou 1.682 emplacamentos. São mais de 500 exemplares de vantagem para o Caoa Chery, que teve 1.107 unidades vendidas.

Os dez veículos mais vendidos em outubro

1º Fiat Argo - 8.381
2º Jeep Renegade - 6.723
3º Fiat Strada - 6.130
4º Jeep Compass - 6.097
5º Volkswagen T-Cross - 6.008
6º Hyundai HB20 - 5.855
7º Hyundai Creta - 5.492
8º Fiat Toro - 5.187
9º Chevrolet Onix - 5.157
10º Volkswagen Gol - 5.039

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL