Jorge Moraes

Jorge Moraes

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
ReportagemCarros

Novo BMW X7 é um dos melhores SUVs do mundo e nós já dirigimos

Em passagem pela Alemanha, tive a chance de dirigir o novo BMW X7. E que SUV! Sim, posso falar de largada que se trata de um dos melhores do mundo e que chega agora ao Brasil, no modelo M60 híbrido leve com o motor 4.4 litros V8 biturbo de 530 cv - com um ronco daqueles e prometendo não decepcionar.

Refinado? Sim. Irretocável por fora e por dentro. O visual é de uma harmonia admirável, apela para o arrojo futurista na frente e ainda entrega um lado mais clássico na traseira. O X7 é equipado com a nova gama de equipamentos de bordo da BMW, assim como a tecnologia híbrida leve de 48V.

O SUV importado convence pelas habilidades e versatilidade. Importa o tamanho? Sim, mas os sensores dão conta de tudo. Estacioná-lo é tão fácil que as dimensões não incomodam. São 5,164 m de tamanho e uma sala de estar a bordo com seus 2 m de largura e quase 1,80 m de altura.

Imagem
Imagem: Jorge Moraes/UOL

Elegância na estrada e desempenho off-road. Usar o tempo inteiro o modo de condução adaptativo para depender das faixas e sinais da estrada não fazem muito sentido para mim. O prazer de condução não pode ser substituído, e sim auxiliado, mesmo lembrando que na pista livre alemã o motorista vai com pisada firme a mais de 200 km/h. A velocidade máxima do veículo é de 250 km/h.

No Brasil, o primeiro modelo da gama de super luxo da BMW, o i7, empresta o prestígio para o SUV de R$ 1,1 milhão. A frente do X7 é expressiva e conta com o apelo dos faróis retangulares e a grande grade duplo rim.

É a assinatura que eleva o moral do carro e anuncia a presença da identidade visual da montadora de longe. A grade preta ainda conta com uma iluminação discreta. Para calçar o SUV de luxo, rodagem aro 23 polegadas, no Brasil ele deverá chegar calçado no aro 22 de série.

O X7 M60i Drive tem motor V8 biturbo gasolina com 530 cv e faz 0 a 100 km/h em 4,7 segundos. A caixa de marcha é Steptronic de oito velocidades e quase imperceptível nas trocas em alta.

Imagem
Imagem: Jorge Moraes/UOL

No M60i Drive a suspensão pneumática permite um equilibrado de rodagem que explora o conforto nas curvas e tem dois eixos com amortecedores que são controlados eletronicamente. Pense na suavidade da direção multifuncional de giro fácil e troca da transmissão sem tirar as mãos do volante com os paddles.

Continua após a publicidade

Na segurança, bolsas de ar por todos os lados e o modelo conta com todos os assistentes de condução, mas agora recebe o reconhecimento de semáforos - atualização útil para o dia a dia no trânsito.

Além disso, o X7 conta com novo assistente de manobras, que pode armazená-las por até 200 metros. Imagine a inutilidade disso, mas dá para você se divertir se for fazer uma exibição para a rede social. A bordo do SUV você vai querer manobrar e dirigir sempre. Só lembrando que no modelo anterior e conservador do X7 era de 50 m.

Outro ponto de observação está associado à proteção dos passageiros e pedestres. O SUV oferece uma frenagem imediata que faz a leitura de reconhecimento de pedestres, ciclistas e carros em direção oposta. A projeção está garantida no cluster e head up display. O ADAS é de última geração e exerce de forma mais eficiente a função de auxílio ao motorista.

Interior

Imagem
Imagem: Jorge Moraes/UOL

Do lado de dentro da cabine, o X7 recebe o display curvo de última geração da marca. O sistema operacional BMW 8 equipa a multimídia de 14,9 polegadas com GPS nativo. Já o cluster tem 12,3 polegadas. Veja o tamanho da tela pela foto. Além disso, é possível entrar no veículo por meio do Digital Key Plus, que abre o carro por meio do iPhone. Fácil demais.

Continua após a publicidade

O console central exibe acabamento de carbono, assim como os panos de portas e painel. O seletor das marchas é compacto e divide espaço com o controle de funções da tela touch. E no sistema de som Bowers & Wilkins com os 20 alto falantes iluminados gerando potência de 1.475 W. Um teatro a bordo.

O X7 ainda conta com função de massagem, tão boa quanto os modos de condução. Essa eu curti quando pedi para um colaborador da marca dirigir e aproveitei o mimo do relaxamento gozando do visual proporcionado pelo teto panorâmico que chega até a terceira fileira de passageiros. Com os assentos rebatidos a capacidade do bagageiro é de 2.560 litros.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes