PUBLICIDADE
Topo

Veja dicas para você andar com muito mais segurança no trânsito

Atravessar fora da faixa é muito perigoso - Robson Ventura/Folhapress
Atravessar fora da faixa é muito perigoso Imagem: Robson Ventura/Folhapress
Denis Freire de Almeida

Denis Freire de Almeida é jornalista formado pela PUC-SP, com 25 anos de experiência na área de automotiva. É idealizador do "Direção Legal" e já trabalhou em veículos como Rede Globo, Quatro Rodas, O Estado de S. Paulo, Record TV e Webmotors. É piloto de testes certificado pela Federação Paulista de Automobilismo desde 1999, além de instrutor de Direção Preventiva e Defensiva.

Colunista do UOL

08/05/2020 04h00

Apesar do crescente número de acidentes envolvendo motociclistas, os pedestres continuam sendo as maiores vítimas do trânsito. E todos nós, sem exceção, somos pedestres em algum momento do dia - basta pôr o pé para fora do carro.

Podemos até criticar as exigências para tirar a Carteira de Habilitação, mas o fato é que existem aulas de formação e exames de qualificação para motoristas e motociclistas. Mas para pedestres, não! Nada, nem campanhas de conscientização focadas neles. A partir do momento que o cidadão se julga apto a andar pelas ruas, ele vai lá e anda...

Quantas vezes você já engatou a marcha à ré e viu vários pedestres passarem por trás do carro? É porque muitos não têm a menor noção de direção e se arriscam de forma imprudente e até inocente pelas ruas.

Aqui vão algumas dicas para você andar com mais segurança, quando estiver a pé no trânsito:

>> Prefira andar na calçada que é contra o fluxo do trânsito. Assim você fica de olho nos carros que vêm em sua direção e tem mais chances de escapar de um eventual atropelamento;

>> Quando for esperar o sinal abrir, procure ficar atrás de algum objeto de contenção - como o próprio poste do semáforo ou alguma árvore, por exemplo. Em caso de algum veículo desgovernado subir na calçada, você estará protegido;

>> Evite usar fones de ouvido durante o trajeto, mas se preferir usar, ajuste o som no volume baixo. Além de passar uma sensação de segurança e aconchego, a música alta diminui a capacidade de percepção do entorno e pode levar a descuidos, principalmente na hora de atravessar a rua;

>> Procure não usar celular no trânsito, mesmo quando pedestre. O equipamento eletrônico tira a atenção e pode levar a situações de risco. Lembre-se que o pedestre é a maior vítima do trânsito. Além disso, ainda existe o risco de ter o celular roubado...

>> Procure andar no meio da calçada e não muito colado aos muros, assim você tem rota de fuga para ambos os lados e reduz drasticamente as chances de ser prensado na parede por um veículo, um dos atropelamentos urbanos com maior índice de fatalidade (eu sei, é pesado, mas precisa ser dito...);

>> Olhe pare os dois lados antes de atravessar. É uma dica básica, mas que ganhou ainda mais relevância com o aumento de número de bicicletas. Muito cuidado ao atravessar ruas com ciclofaixas ou ciclovias, pois elas sempre são de mão dupla.

>> Agora o trivial: atravesse somente na faixa de pedestres e com o sinal aberto. É o trivial, mas é o que causa o maior número de mortes de pedestres por não ser respeitado...

Com essas dicas você vai andar com mais segurança nas ruas, mas só saia de casa se for realmente essencial. As ruas agora abrigam as duas maiores pandemias da era moderna: a Covid-19 e os acidentes de trânsito. Não se arrisque à toa!

SAIBA MAIS SOBRE O DIREÇÃO LEGAL