PUBLICIDADE
Topo

Benê Gomes

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Corolla Cross híbrido: bom do SUV é sofrer menos com o preço da gasolina

Conteúdo exclusivo para assinantes
Benê Gomes

Jornalista e produtor de TV, desde 2001 atua como profissional especializado no segmento automotivo. Assina o boletim diário Sexta Marcha, da Rádio Transcontinental FM de SP, dirige e apresenta o_ _Programa Momento Vox – BAND SP. É diretor da Onze Produções, produtora de vídeo e conteúdo digital, e é o idealizador do Programa Auto+, onde atuou por 15 anos

Colunista do UOL

16/01/2022 04h00

Depois de conferir o Toyota Corolla Cross XRE com motor 2.0 flex aspirado, ficou a curiosidade sobre a versão XRX Hybrid que, além de ser a topo da linha, tem como grande atrativo o sistema de propulsão híbrido flex.

Começando pelo desenho, mesmo se tratando da mais cara, esta versão não tem alteração, ou seja, também defende com competência a proposta de SUV. Tem grade chamativa na frente, molduras pretas de plástico nos para-choques, caixas de rodas e base das portas.

  • O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

Dentro, a situação muda, pois entrega mais refinamento a ponto de lembrar modelos mais luxuosos, com direito couro em tom bege nos bancos, painel central e portas, teto solar com comando elétrico e ar-condicionado de duas zonas. O sistema multimídia é o mesmo para todas as versões, mas a Toyota oferece três tamanhos diferentes para as telas: 8, 9 ou de 10 polegadas, todas com comandos por toque.

Boa novidade da linha 2023 do Corolla Cross é a inclusão do Toyota Safety Sense como item de série em todas as suas versões. Antes exclusividade das opções híbridas, o pacote reúne o alerta de colisão frontal com frenagem automática de emergência, controle de velocidade adaptativo, alertas de ponto cego e de saída de faixa, entre outros.

E o sistema passou por evoluções, como é o caso dos alertas de colisão frontal - que agora reconhece pedestres e ciclistas - e de saída de faixa, que também corrige o volante caso o motorista se distraia. Além dos itens de segurança, o painel de instrumentos digital - antes exclusivo do topo de gama - passa a equipar também as versões XRE e XRV Hybrid.

Como já observei na versão XRE 2.0 flex, o Corolla Cross anda muito macio, é bastante confortável. No caso da versão híbrida, essa sensação é reforçada quando usamos o carro na cidade. Isso porque, nessa condição, o sistema prioriza o uso do motor elétrico, o que acaba potencializando o silêncio e boa impressão de conforto.

Agora, se a dúvida maior é saber se o fato de utilizar a motorização híbrida altera muito a realidade na hora de acelerar, a resposta é sim. E muda bem, antes de tudo, porque esta versão não é tão forte como a equipada com o 2.0 flex de 177 cavalos. O Corolla Cross Hybrid entrega 123 cavalos de potência, resultado da força combinada do motor a combustão com o elétrico.

De olho na autonomia

Para quem escolhe a versão híbrida, precisa ter em mente outra prioridade: o da eficiência energética. Isso significa não esperar muita agilidade em arrancadas e retomadas, porque não é essa a proposta.

O acerto de motor e transmissão automática do tipo CVT não é feito com esse objetivo, por isso, quem entende rápido e alivia o pé no acelerador, tem tudo pra ficar bem feliz com o consumo urbano, na faixa dos 17 Km/l com gasolina (Inmetro).

Aliás, nesse quesito, é preciso ficar atento a outro ponto: a autonomia, principalmente quando for viajar. Lembre que o Corolla Cross Hybrid tem um tanque de combustível pequeno, de apenas 36 litros. Aí, pensando que em uma rodovia o motor elétrico praticamente não entra em ação devido à velocidade média alta, é fundamental ficar de olho no ponteiro de combustível para não encarar uma pane seca.

Mas, no geral, sendo híbrido ou não, o Corolla Cross tem uma personalidade diferente do seu concorrente direto, o Jeep Compass. É um carro moderno e atualizado, bom para a família e para o uso urbano, mas não tão ligado às aventuras longe do asfalto. E, importante: traz todas as características que o fã da marca Toyota já conhece e espera encontrar em um modelo da marca.

Algo muito reforçado na linha 2023, com inclusão do refinado pacote Safety Sense como item de série em todas as versões. Mas isso veio, como esperado, acompanhado de um ajuste na tabela de preços também.

Preço do Toyota Corolla Cross XRX Hybrid: R$ 204.329,00 (SP)

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.