PUBLICIDADE
Topo

Salvador

ACM Neto diz que carnaval de Salvador está suspenso e depende de vacina

O prefeito de Salvador , ACM Neto (DEM), durante entrevista coletiva - Reprodução/Facebook
O prefeito de Salvador , ACM Neto (DEM), durante entrevista coletiva Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

27/11/2020 12h20

O carnaval de Salvador, na Bahia, está oficialmente suspenso. Em entrevista coletiva realizada hoje, o prefeito ACM Neto disse que só existe a possibilidade de o evento acontecer caso haja uma vacina contra a covid-19.

"Está cancelado o evento em fevereiro e por hora, só podemos informar o cancelamento. Não há como especular o carnaval em outra época do ano. A possibilidade do carnaval acontecer em outro momento de 2021 está condicionada a existência de uma vacina acessível a todos", disse ACM Neto.

"Caso exista vacina, os prefeitos das maiores cidades do Brasil se unirão para um eventual calendário. Agora, nem eu, nem Bruno [Reis], nem ninguém pode estabelecer uma data, porque essa data dependerá da vacina", acrescentou.

Antes das eleições municipais, ACM Neto havia falado que a decisão sobre a nova data poderia ser do próximo prefeito. Eleito na cidade, Bruno Reis também esteve na coletiva e falou sobre a suspensão do carnaval.

"Comunicar uma decisão como essa não é fácil, porque sabemos a importância do carnaval para a nossa cidade, o quanto circula de dinheiro na nossa cidade no carnaval, durante o verão. Só teremos condições de fazer o carnaval, com condições sanitárias para isso", considerou.

Em decorrência da pandemia do coronavírus, Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro suspenderam a realização do carnaval em fevereiro e estão aguardando para anunciar a nova data.

Confira a entrevista coletiva completa:

Salvador