PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Painel da OMS recomenda ampliar uso de vacina da Pfizer para de 5 a 11 anos

Profissional da saúde manuseia doses pediátricas do imunizante da Pfizer contra a covid-19 em Osasco, na Grande São Paulo - FRANCISCO CEPEDA/ESTADÃO CONTEÚDO
Profissional da saúde manuseia doses pediátricas do imunizante da Pfizer contra a covid-19 em Osasco, na Grande São Paulo Imagem: FRANCISCO CEPEDA/ESTADÃO CONTEÚDO

Mrinalika Roy e Manojna Maddipatla

21/01/2022 13h02

O painel consultivo da OMS (Organização Mundial de Saúde) recomendou nesta sexta-feira (21) a extensão do uso da dose reduzida da vacina da Pfizer e da sua parceira alemã BioNTech contra a covid-19 para crianças de entre 5 e 11 anos.

A recomendação acontece após o Grupo Consultivo Estratégico de Especialistas sobre imunização realizar uma reunião na quarta-feira para avaliar a vacina da empresa. A vacina está atualmente recomendada para uso em pessoas com 12 anos ou mais.

A dosagem recomendada para a população jovem é de 10 microgramas, em vez dos 30 microgramas oferecidos a pessoas com 12 anos ou mais.

"Este grupo etário (5-11) é o de menor prioridade para a vacinação, exceto crianças que tenham comorbidades", afirmou o presidente do Grupo Consultivo, Alejandro Cravioto.

O painel também recomendou que a dose de reforço da vacina contra covid-19 deve ser aplicada entre quatro e seis meses do fim da série primária, em grupos de alta prioridade como adultos mais velhos e funcionários de saúde.

Saúde