PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Com chegada da Pfizer, Rio volta a vacinar gestantes com comorbidades

Ministério da Saúde recomenda vacinação de grávidas e puérperas com Pfizer - Dado Ruvic/Reuters
Ministério da Saúde recomenda vacinação de grávidas e puérperas com Pfizer Imagem: Dado Ruvic/Reuters

Do VivaBem, em São Paulo

15/06/2021 08h05

A cidade do Rio de Janeiro voltou a vacinar hoje gestantes e puérperas com comorbidades com mais de 18 anos após a chegada de mais doses do imunizante da Pfizer. A vacinação para o grupo será realizada também na próxima quinta-feira (17), mas amanhã não haverá disponibilidade.

A vacinação de grávidas e puérperas segue uma agenda especial em razão de uma recomendação do Ministério da Saúde para que o grupo seja imunizado apenas com as vacinas Pfizer ou CoronaVac. Assim, a aplicação depende da disponibilidade dos imunizantes.

Para a aplicação da vacina, gestantes e puérperas com comorbidades devem apresentar laudo médico detalhado justificando a recomendação e avaliação da relação risco-benefício para a vacinação, além da assinatura do termo de consentimento.

Além deste grupo, o Rio de Janeiro abrirá uma repescagem para trabalhadores da saúde com mais de 18 anos que não se vacinaram até o dia 29 de maio. Ele poderão tomar a primeira dose da vacina contra a covid-19 no sábado (19).

"Para se vacinar, devem estar na ativa e apresentar os três últimos contracheques comprovando vínculo com a profissão e local de trabalho, ou declaração assinada do estabelecimento em que atuam, que ficará retida na unidade de saúde. Cuidadores de idosos devem apresentar carteira de trabalho ou contrato de serviço informando empregado doméstico, desde que apresente outro documento que comprove a função, como certificado do curso de cuidador de idosos", diz a prefeitura.

Também no sábado (19) haverá repescagem para pessoas com deficiência permanente de 18 anos ou mais e, pelo calendário para a população em geral, para pessoas de 50 anos ou mais.

Saúde