PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

SP começa a vacinar hoje profissionais da educação de 18 a 44 anos

Imagem de arquivo; Para receber a imunização, os profissionais devem realizar o cadastro no portal VacinaJá Educação - GABRIEL HAESBAERT/ISHOOT/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem de arquivo; Para receber a imunização, os profissionais devem realizar o cadastro no portal VacinaJá Educação Imagem: GABRIEL HAESBAERT/ISHOOT/ESTADÃO CONTEÚDO

Colaboração para o VivaBem

11/06/2021 09h46Atualizada em 11/06/2021 10h39

Profissionais da educação com idades entre 18 e 44 anos começam a ser vacinados hoje contra a covid-19 no estado de São Paulo.

Estão elegíveis aqueles que trabalham nas escolas ou os que atuam em órgãos administrativos, como secretarias da Educação e Diretorias de Ensino.

Os profissionais devem se cadastrar no portal VacinaJá Educação para receber a imunização. Para a rede estadual, apenas terceirizados devem fazer o cadastro. Já os profissionais contratados irão receber o informativo sobre a data automaticamente, por e-mail.

Todos os funcionários das redes municipal, federal e particular devem se cadastrar. É preciso informar o número do CPF, nome completo e e-mail onde receberão o link necessário validá-lo.

Depois da confirmação, o profissional deve informar os dados pessoais assim como o nome da escola, rede de ensino, município, cargo ocupado e anexar o último contracheque. O cadastro passará por uma análise e, se validado, o servidor irá receber um comprovante do programa VacinaJá educação. Nele, constará um QR Code para verificação de autenticidade. O sistema para validação das escolas já está aberto.

Ao comparecer a um dos postos de saúde espalhados pelo estado, o profissional deve apresentar o comprovante validado do VacinaJá Educação, assim como RG e CPF para conferência dos dados pelo profissional de saúde. É importante apresentar o comprovante ou o profissional não poderá ser imunizado como parte da categoria.

O cadastro não é um agendamento por isso, o profissional precisa se atentar às regras do município para se informar sobre datas e pontos de vacinação. A aplicação das doses ocorrerá em parceria com as prefeituras, por meios das secretarias de Saúde.

O governador João Doria (PSDB) anunciou a antecipação do calendário para este grupo na última quarta-feira (9), quando começou a vacinação dos profissionais com 45 e 46 anos. Segundo o calendário antigo, a categoria só seria vacinada no final de julho.

Saúde