PUBLICIDADE

Topo

VivaBem no Verão

Espaço para curtir o verão com notícias, vídeos e atividades no litoral


VivaBem no Verão

Mais músculos e resistência: conheça 7 benefícios da escalada indoor

A parede de escalada é um dos destaques do VivaBem no Verão, na Riviera de São Lourenço (SP) - Edson Lopes Jr./ VivaBem
A parede de escalada é um dos destaques do VivaBem no Verão, na Riviera de São Lourenço (SP)
Imagem: Edson Lopes Jr./ VivaBem

Fernando Barros

Colaboração para o VivaBem

28/01/2020 04h00

Resumo da notícia

  • A escalada indoor geralmente é praticada em paredes de madeira com agarras, que simulam áreas rochosas naturais
  • Realizada em academias, ginásios exclusivos e eventos ao ar livre, a atividade vem ganhando popularidade e vai estrar nos Jogos Olímpicos em 2020
  • O esporte trabalha os músculos do corpo todo e fortalece principalmente braços, ombros, costas e abdome
  • A modalidade ainda desenvolve resistência física, flexibilidade, concentração e coordenação motora
  • Em uma hora de escalada é possível queimar cerca de 700 calorias

Originada na antiga União Soviética como uma forma de treinamento dos soldados russos no inverno, quando as condições climáticas dificultavam a subida em rochas, a escalada esportiva indoor vem ganhando popularidade ao redor do mundo. Uma prova disso é a sua estreia como uma das modalidades a serem disputadas nos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio, no Japão.

Geralmente realizada em paredes de madeira com diversos pontos afixados (chamados de agarras), que simulam áreas rochosas naturais e oferecem obstáculos a serem superados, esse tipo de escalada é praticado em academias, ginásios, clubes, boxes, arenas específicas e também em parques, praças e em eventos ao ar livres. É o caso do VivaBem no Verão, quer será realizado na Riviera de São Lourenço, no litoral de São Paulo, até 9 de fevereiro, e tem a parede de escalada como um dos destaques (a atividade é gratuita). Conheça a seguir benefícios da modalidade.

1 - Aumento de força

O ato de escalar envolve diferentes partes do nosso corpo, como as pernas para dar sustentação e os braços para avançar nas progressões ou deslocamentos. Isso faz com que praticamente todos os grupos musculares sejam recrutados: panturrilhas, antebraços e o core (formado por 29 pares de músculos que incluem a região abdominal e lombar e do quadril).

"Os praticantes de escalada desenvolvem principalmente força nos membros superiores e tronco, pelo tempo em que ficam suspensos pelos braços", afirma Dimitri Wuo Pereira, doutor em educação, especialista em escalada e professor da Uninove (Universidade Nove de Julho), em São Paulo.

2- Mais resistência física

Para superar os obstáculos e "subir pela parede", você precisa vencer o tempo todo a força da gravidade e suportar o peso do próprio corpo. Isso desenvolve resistência física. Rodrigo Celes, doutor em ciências da saúde e professor da UNB (Universidade de Brasília) destaca que essa resistência não é a cardiorrespiratória (aeróbica), — trabalhada em atividades contínuas como corrida ou bike —e, sim, a muscular — relacionada à capacidade do músculo em realizar repetições múltiplas de um exercício. A explicação é que a escalada tende a ser uma atividade intermitente, em que você se esforça de forma intensa e na sequência faz uma pausa para poder reiniciar o exercício, principalmente naquelas com alto grau de dificuldade.

A escalada trabalha praticamente todos os músculos do corpo, em especial os dos braços, ombros e do abdome - Edson Lopes Jr./ VivaBem
A escalada trabalha praticamente todos os músculos do corpo, em especial os dos braços, ombros e do abdome
Imagem: Edson Lopes Jr./ VivaBem

3 - Ganho de de flexibilidade

Para alcançar agarras mais distantes e realizar as progressões e deslocamentos ao longo da parede, os praticantes acabam realizando movimentos como torções do tronco e elevações dos membros inferiores acima da altura da cintura. Resultado: há um alongamento dos músculos e, com o decorrer do tempo de exercício, seu corpo se torna mais flexível.

4 - Melhora da coordenação motora

A atividade exige a sincronia dos movimentos de membros superiores e inferiores para alcançar as agarras, avançar e trocar de posições na parede. Essa combinação dos gestos executados durante a escalada ajuda seus praticantes a desenvolverem consciência corporal para poder superar os desafios encontrados pelo caminho.

5 - Trabalha concentração e autoconfiança

Além de melhorar o controle dos movimentos e do corpo, a escalada ajuda no desenvolvimento da mente. Isso porque para executar os gestos necessários para subir a parede é necessário ter concentração, foco e atenção. Mais: o desafio de superar os obstáculos encontrados no caminho ou chegar até o topo da parede ajuda a desenvolver a autoconfiança. Geralmente, quem consegue vencer as dificuldades do esporte se sente mais bem preparado para encarar qual problema no dia a dia.

Em uma hora de escalada é possível queimar cerca de 700 calorias - Edson Lopes Jr./ VivaBem
Em uma hora de escalada é possível queimar cerca de 700 calorias
Imagem: Edson Lopes Jr./ VivaBem

6 - Ajuda a emagrecer

Se a sua pedida é perder uns quilinhos, a escalada também pode ser uma aliada. O emagrecimento nesse caso vai depender das dificuldades oferecidas pela parede, da intensidade utilizada na atividade, do tempo dedicado ao esforço físico e do metabolismo de cada um. "Quanto mais tempo se pratica, maior o gasto calórico. Em uma hora de escalada, uma pessoa com 70 kg pode perder até 700 calorias", destaca Dimitri.

7 - Pode ser feita por qualquer pessoa

A modalidade é bem democrática e pode ser feita por pessoas de diferentes idades e aptidões físicas. A escalada apresenta variados graus de dificuldade, que vão do iniciante até o avançado permite ser adaptada para situações específicas.

Cuidados ao praticar

Para evitar lesões e acidentes, estar atento ao uso de equipamentos de segurança durante a realização do esporte é essencial. "No caso da escalada indoor, deve-se verificar se o local dispõe de estrutura adequada, profissionais capacitados e se os equipamentos de segurança como cordas e colchões de queda estão funcionando adequadamente", orienta Orlei Resende Jr., profissional de educação física e instrutor de escalada da Mundo Vertical e do Centro de Treinamento Jurapê, em Joinville (SC).

Antes de começar na escalada, vale também consultar um médico para avaliar sua saúde de um modo gera e saber se está apto para praticar a atividade. Com o devido acompanhamento e orientação de profissionais especializados, mesmo crianças e idosos podem se aventurar por essa ótima forma de "malhar nas alturas".

VivaBem no Verão - 2ª edição

O VivaBem está no litoral paulista com o VivaBem no Verão. São dois espaços na Riviera de São Lourenço (Bertioga) com diversas opções de atividades físicas, lazer, cultura e comidas para você curtir o calor com a família ou os amigos. Saiba mais sobre o evento aqui e venha nos visitar!

Data: de 26 de dezembro de 2019 até o dia 09 de fevereiro de 2020, de quinta a domingo
Horário de funcionamento: das 9h até as 13h (praia) e das 17h até a 1h (arena)
Endereço arena: Av. Riviera, s/n, próximo ao shopping
Local do espaço na praia: canto direito da praia de Riviera de São Lourenço
Entrada: gratuita

VivaBem no Verão