PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Você é sedentário? Sexo é bom, mas aumenta o risco de problema cardíaco

Transar só de vez em quando aumenta temporariamente o risco de ter um infarto - iStock
Transar só de vez em quando aumenta temporariamente o risco de ter um infarto Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

27/04/2018 13h49

Fazer sexo é ótimo: relaxa, queima calorias, traz prazer, eleva a autoestima e dizem que até melhora a pele... Mas, para quem leva um estilo de vida sedentário, a prática sexual pode colocar o coração em risco, aponta uma revisão de literatura científica e meta-análise publicada no Journal of the American Medical (JAMA) 

De acordo com os pesquisadores, quem não realiza exercícios regularmente tem um risco 2,7 vezes maior de sofrer um infarto do miocárdio durante ou logo após a transa, quando comparado a alguém que treina regularmente. Vale ressaltar que esse perigo é temporário e de curto prazo. 

Leia também:

Os autores do estudo analisaram ainda o risco de um sedentário sofrer um ataque cardíaco quando pratica atividade física esporadicamente --uma vez por semana ou menos. Eles identificaram que, nesse caso, o perigo de ter um infarto pode ser até 3,45 vezes maior. O problema provavelmente ocorre porque o coração dos sedentários está menos preparado para aguentar o período de esforço --tanto do sexo quanto do treino.

Obviamente, se você é sedentário não precisa deixar de fazer sexo. A solução para o problema é bem simples. Basta começar a praticar exercícios regularmente. Para melhor a saúde do coração e evitar problemas cardiovasculares, a Organização Mundial da Saúde recomenda realizar 150 minutos de atividade física semanal, dividas em cinco sessões de treino

VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook • Instagram • YouTube

Saúde