PUBLICIDADE

Topo

Victor Machado

Frutose: por que você não precisa ter medo do açúcar das frutas

Frutose proveniente das frutas é rica em vitaminas e minerais - iStock
Frutose proveniente das frutas é rica em vitaminas e minerais Imagem: iStock
Victor Machado

Victor Machado é nutricionista, pós-Graduado em nutrição esportiva e em nutrição Comportamental. Atua com foco em comportamento alimentar e é o idealizador da marca Nutrição Sincera, que tem como objetivo passar informações sobre saúde, alimentação e bem-estar por meio do humor.

Colunista do UOL

23/11/2020 04h00

Calma! Não é bem assim. É verdade que nos últimos anos, com o aumento das doenças crônicas não transmissíveis, acabamos criando um medo de consumir a frutose por conta de um suposto impacto que ela teria na nossa saúde.

A frutose é um carboidrato simples, encontrado em sua forma natural nas frutas e no mel. É comum encontramos, na internet, informações relacionando o consumo de frutose ao aumento da prevalência de doenças como diabetes e acúmulo de gordura no fígado.

Precisamos lembrar que uma coisa é consumir a frutose refinada que está presente em alimentos industrializados como doces, refrigerantes, sucos de caixinha, barras de cereal e de proteína, dentre outros produtos. Outra coisa é consumir a frutose proveniente das frutas, que é rica em vitaminas e minerais que trazem benefícios para nossa saúde.

Nos alimentos industrializados são utilizadas altas doses de frutose refinada provenientes do xarope de milho. Essa sim chega mais rápido no fígado para ser metabolizada e, em excesso, pode prejudicar nossa saúde. Já a frutose presente nas frutas vem acompanhada das fibras que ajudam a modular a absorção e o processamento desse açúcar. Além disso, nas frutas temos a presença dos fitoquímicos que possuem influência positiva e potencial anti-inflamatório.

Frutas não causam cirrose. E nem todo açúcar que consumimos vira gordura. Pode virar glicose e ser utilizado no mesmo instante, pode virar reserva de energia ou pode virar gordura. Portanto, não precisa ter medo de frutas. A OMS, em uma publicação, recomenda o consumo diário de 400g incluindo frutas e vegetais.

É recomendado consumir frutas acompanhadas de outros alimentos (oleaginosas, proteínas), mas não tem problema se for consumida sozinha. Basta não exagerarmos nas quantidades. Vamos comer frutas sem medo de ser feliz e obter todos os seus benefícios.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.