PUBLICIDADE

Topo

Dr. Kalil

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Dias frios e o aumento do risco de infarto e AVC

iStock
Imagem: iStock
Roberto Kalil

Roberto Kalil Filho é médico cardiologista, professor titular da disciplina de Cardiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), presidente do Instituto do Coração (inCor/HCFMUSP) e diretor do Centro de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês. É responsável pelo portal de saúde Dr Kalil Coração & Vida, consultor do quadro Bem Estar, do programa ?Encontro?, da Rede Globo, e estreou o programa Minuto do Coração, na Jovem Pan.

Colunista de VivaBem

06/06/2022 04h00

Baixas temperaturas podem representar risco maior para doenças cardiovasculares. Estima-se que o frio possa aumentar em até 30% o risco de infarto e de Acidente Vascular Cerebral (AVC). Importante destacar que o alerta é voltado sobretudo àqueles que têm doenças prévias como hipertensão, diabetes e colesterol alto.

Essa associação entre temperaturas mais baixas e eventos cardiovasculares se dá porque o frio promove a constrição dos vasos sanguíneos, ou seja: contrai os vasos. Quando isso acontece, ocorre diminuição do fluxo sanguíneo para os órgãos, o que pode contribuir para ocorrência de infarto (quando o coração tem seu fluxo sanguíneo bloqueado, seja por contração das artérias ou entupimento dos vasos) e AVC (quando o suprimento de sangue que vai para o cérebro é interrompido ou drasticamente reduzido).

Cuidados redobrados

Nesse período, ainda que haja a tendência em consumir alimentos mais calóricos e gordurosos, é importante seguir com uma dieta adequada e balanceada. Também é preciso se manter hidratado e continuar a rotina de exercícios físicos - com o cuidado de se agasalhar melhor, dar preferência a ambientes internos caso esteja muito frio ou mesmo escolher horários em que a temperatura não esteja tão baixa.

Além disso, vale sempre lembrar: acompanhamento médico e controle dos fatores de risco (como hipertensão) devem estar presentes não só nos períodos de frio, mas durante todo o ano.

Desta forma, é possível reduzir muito o risco de sofrer eventos cardiovasculares.

Para mais dicas de saúde, também estou nas redes sociais:

Instagram: @drrobertokalil
Facebook: https://www.facebook.com/robertokaliloficial