PUBLICIDADE

Topo

Prática regular de mindfulness ajuda a fortalecer o sistema imunológico

iStock
Imagem: iStock
Marcelo Dermazo

Marcelo Demarzo é médico especialista em mindfulness (atenção plena), professor e pesquisador na área de medicina, saúde e bem-estar. Ministra cursos e palestras sobre estilo de vida mindful, bem-estar e saúde --expertise desenvolvida em 15 anos como professor e pesquisador em vários hospitais e universidades brasileiras (UNIFESP, USP, Hospital Israelita Albert Einstein) e internacionais (Universidade de Oxford, Universidade de Zaragoza, Harvard University). É autor de livros e estudos científicos relacionados ao tema de mindfulness e qualidade de vida e realiza dezenas de atendimentos individuais e em grupo para disseminar o conceito de mindful living (viver pleno e consciente). É coordenador da Especialização em Mindfulness da UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo).

Colunista do UOL

05/06/2020 04h00

Os efeitos positivos de mindfulness são comprovados cientificamente e, entre os seus benefícios, a prática regular da atenção plena pode agir indiretamente no aumento da imunidade e na diminuição de infecções no organismo, a partir de um melhor manejo do estresse cotidiano.

Uma pesquisa de revisão científica recente, realizada pelo nosso grupo de pesquisadores, mostrou que as intervenções baseadas em mindfulness têm reflexo positivo nos efeitos de inflamação corporal (sistêmica) de baixo grau, o que está associado à prevenção de doenças crônicas e à melhora do sistema imunológico.

A revisão foi feita a partir de 10 estudos, com 998 participantes. As pessoas que passaram por treinamento em mindfulness tiveram um pequeno, mas significativo efeito no estado geral de saúde, em especial com menor intensidade de biomarcadores de inflamação sistêmica de baixo grau.

Como sabemos, a capacidade de usar mindfulness no dia a dia é desenvolvida principalmente por alguns tipos de meditação (técnicas de da atenção plena), que também geram uma mudança na atitude psicológica frente ao estresse, com mais autoconsciência e aceitação.

Esse movimento "interno" na mente, e feito de forma regular, modifica o nosso corpo e cérebro, o que acaba também refletindo nos nossos mecanismos de defesa, imunológicos, trazendo resultados positivos para a saúde física e prevenção de doenças, incluindo as infecciosas.

Assim, em meio à pandemia do novo coronavírus, seria importante que as pessoas começassem a praticar pelo menos uma vez ao dia exercícios básicos de mindfulness, como a prática dos 3 passos.

O sistema imunológico é um dos mais complexos do corpo, e um dos mais importantes também, sendo responsável pela defesa e imunidade de nosso organismo contra riscos externos (infecções) e internos (células cancerígenas).

A relação entre estresse e imunidade é bastante estudada, envolvendo a relação amplamente conhecida entre os sistemas imunológico, nervoso e hormonal. Esta relação é mediada por uma complexa rede de comunicação biológica entre os três sistemas.

Assim, um desequilíbrio no sistema nervoso ou hormonal, pode resultar em alterações na resposta imunológica. Por exemplo, ter depressão pode provocar alterações no sistema imunológico.

Assim, uma das maneiras pelas quais mindfulness ajuda pacientes com câncer, é melhorando o manejo do estresse e dos sintomas de ansiedade e depressão, e por consequência, melhorando as defesas do organismo.

Vamos praticar? Nesse link você encontrará uma playlist completa, na forma de curso introdutório de mindfulness, com outras práticas simples e acessíveis a qualquer iniciante.

Mande sua pergunta: Se você tem alguma dúvida ou curiosidade sobre mindfulness, atenção plena, ou neurociência do comportamento, por favor me escreva que terei prazer em abordar seu tema em textos futuros: demarzo@unifesp.br

Referência: Demarzo & Garcia-Campayo. Manual Prático de Mindfulness: curiosidade e aceitação. Editora Palas Athena, 2015.

Para Saber Mais:

  • www.mindfulnessbrasil.com (Mente Aberta ? Centro Brasileiro de Mindfulness e Promoção da Saúde ? UNIFESP)
  • www.webmindfulness.com (WebMindfulness ? Grupo de Pesquisa Coordenado pelo Prof. Javier García-Campayo ? Universidad de Zaragoza, informações em espanhol)
  • www.umassmed.edu/cfm (Centro de Meditação ?Mindfulness? na Medicina, Universidade de Massachusetts, Estados Unidos, informações em inglês)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL