PUBLICIDADE

Topo

Dá para dormir bem nos quartos supercoloridos do BBB? Cromoterapia explica

Dá para dormir bem no BBB? Quartos supercoloridos podem atiçar a competição - Reprodução/Globoplay
Dá para dormir bem no BBB? Quartos supercoloridos podem atiçar a competição Imagem: Reprodução/Globoplay

Camila Eiroa

Colaboração para Universa

23/01/2022 04h00

Dormir bem, seria essa uma das grandes dificuldades no "BBB"? Para além de dividir o mesmo ambiente com desconhecidos, roncos, cheiros e câmeras, existe outro desafio nos quartos do reality: as cores. Isso mesmo! Afinal, as cores, segundo a cromoterapia, exercem influência direta sobre nosso comportamento e nossas sensações.

No caso dos quartos do "BBB 22", as cores e informações estão em excesso nas paredes. Algo que provavelmente não permitirá o descanso merecido após provas de resistência e festas, segundo a cromoterapeuta Bete Freitas. Ela é enfática ao dizer que cores tão vibrantes quanto as escolhidas para a decoração deste ano impossibilitam o relaxamento total, importante para que tenhamos um sono restaurador.

"Não vejo nenhuma imagem ou sentimento de tranquilidade nos quartos do 'BBB 22'. Pelo contrário, as cores usadas são extremamente fortes e o excesso está em todos os ambientes, não só no lugar de repouso. Isso não é nada convidativo, muito menos saudável para corpo, mente e sentimentos. Não é um lugar em que dá para descansar", diz Bete.

Disputa e inquietação? Temos!

Segundo a terapeuta, as cores escolhidas para a decoração acentuam as energias de disputa e inquietação, algo que traz consequências para o sono. Ela conta que entrar em um ambiente tão colorido e repleto de informações desconexas faz com que a mente remeta este lugar à bagunça. Se os sentimentos já estão bagunçados, isso será ainda mais acentuado, criando uma desarmonia interna.

As cores escolhidas para a decoração deste ano são, no quarto "grunge", preto, vermelho e azul. Já o quarto "composê" traz cores como laranja, roxo, amarelo e pink, todas em tons extremamente vibrantes. Além das paredes, as roupas de cama, os móveis e os tapetes seguem a mesma linha. "Todas essas cores acentuam a discórdia, o nervosismo, a competição e a impulsividade na comunicação", diz Bete.

O amarelo, segundo a terapeuta, está ligado ao sucesso profissional e financeiro, algo que aguça o sentimento dos participantes para que esse sucesso seja construído. Já o laranja traz a vitalidade, influenciando comportamentos que chamam a atenção e trazem audiência. O pink aguça a sedução, enquanto o roxo trabalha a transmutação, algo que pode influenciar processos de inquietude. Por fim, o vermelho intensifica o sentimento de disputa, colocando a energia em constante ebulição.

'São cores que levam a tudo, menos ao descanso, à tranquilidade e à harmonia'

"Um quarto com excessos não permite repor as energias gastas durante o dia. Isso pode levar a um processo de exaustão e de conflitos, ainda mais considerando o cenário de um reality show. Se foi pensado propositalmente, ou não, o fato é que poderá acentuar ainda mais o clima de competição", declara a terapeuta.

Ela destaca que é possível que alguns participantes escolham o quarto de acordo com a cor pela qual eles mais se atraem. No entanto, essa atração esconde, de maneira inconsciente, uma pista de como é a personalidade de cada um, algo que também pode gerar desequilíbrio pelo excesso de uma mesma frequência vibratória.

Quarto: um lugar sagrado

"O quarto é um lugar sagrado, onde eu me aquieto e onde está a minha intimidade. Consequentemente, é onde eu desejo descansar meu corpo físico e acalmar meus sentimentos, criando uma conexão com minha essência divina. É fundamental, após um dia de labuta, ter um lugar em que a energia da calmaria e da paz interior se faça presente", afirma Bete.

Para criar esse ambiente mais harmônico, as cores sugeridas pela terapeuta são o azul claro, que traz harmonia, o verde claro, que proporciona a cura, e o rosa claro, que trará acolhimento. No caso de não serem cores que agradem na decoração, o sugerido é optar pelo branco. E não adianta colorir de tons calmos apenas as paredes: a roupa de cama e os móveis também precisam estar na mesma paleta para trazer a harmonia desejada.

Já as cores menos indicadas são o cinza, que pode trazer tristeza, o vermelho, que traz nervosismo, e o preto, que traz inquietação. O laranja, apesar de ser a cor da vitalidade, é mais indicado para um lugar de atividade, como o escritório. "Não há dúvidas de que as cores influenciam nosso dia a dia de maneira impactante. Por isso, merecem a nossa atenção", finaliza a terapeuta.