PUBLICIDADE

Topo

Beleza

Lace é igual a peruca? O que você precisa saber sobre acessório das famosas

Camilla de Lucas usa lace no BBB21 - Reprodução/Instagram
Camilla de Lucas usa lace no BBB21 Imagem: Reprodução/Instagram

Nathália Geraldo

De Universa

29/03/2021 04h00

Há alguns dias, o Brasil passou a acompanhar o novo visual de Camilla de Lucas, no BBB 21, que já resultou até em meme nas redes sociais: "Camilla de Laces". Depois de dois meses confinada, a youtuber deu tchau para as tranças, ficou algumas horas com o cabelo crespo natural, e deu as caras com uma lace, acessório parecido com peruca, mas que tem truques na hora de colocar — usando cola específica ou fitas adesivas — para que os fios fiquem alinhados ao rosto.

Incorporada à estética de muitas artistas, como Beyoncé, Nicki Minaj, Ludmilla, Tássia Reis, e, por vezes, recurso para mulheres que estão passando por transição capilar ou por tratamentos de saúde que fazem o cabelo cair, a lace é sinônimo de estilo, versatilidade e também dá um gás na autoestima, tanto das mulheres quando dos homens.

"A lace melhora a autoestima de muitas mulheres, de qualquer etnia. E de homens também, porque a prótese capilar é basicamente uma lace", explica o hairstylist Vitor Malibu que cuida das laces do casal Ludmilla e Brunna Gonçalves e de outras famosas. "A possibilidade que a pessoa tem de mudar o visual sem ter que mudar o cabelo dela mesmo é muito legal."

Até mesmo a ruivíssima Marina Ruy Barbosa já experimentou mudar, e ficar loira, com ajuda da lace:

Dá para colocar em casa, como Camilla já ensinou em um vídeo em seu canal do Youtube antes de ficar confinada no reality show, ou ter ajuda de um profissional, que será responsável por todas as etapas da colocação, como lavar o cabelo natural, fazer tranças nagô ou prendê-lo, posicionar a lace e passar a cola da forma mais cuidadosa possível.

vitor malibu - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
O hairstylist Vitor Malibu, que coloca lace em famosas
Imagem: Arquivo pessoal

Vitor trabalha com laces desde 2016, quando atuou em um salão que a mãe de Ludmilla, Silvana Oliveira, abriu no Rio de Janeiro.

"Aprendi quase tudo que eu sei lá, fiz dois cursos com norte-americanas que vieram me ensinar a forma de colocar a lace, e aprendi a costurar cabelo e o fio a fio vendo tutorial na internet. Hoje, monto uma lace do zero", afirma o profissional que também já trabalhou com Anitta, Pablo Vittar, Jojo Todynho e Gracyanne Barbosa. Aliás, antes de Camilla entrar no BBB, ele conta que a youtuber pediu algumas dicas sobre tipos de lace para ele.

Pedimos para Vitor responder as principais dúvidas sobre lace a seguir. Confira preços ao final da matéria.

Qual é a diferença entre perucas e laces?

Vitor Malibu: "A diferença é a telinha que simula o couro cabeludo. Os fios também são costurados um a um, dando a impressão que os fios saem do couro cabeludo mesmo, quando a lace é colada na pele. Isso dá um acabamento mais perfeito."

Que tipos de lace existem no mercado?

"São várias. Front lace, que tem telinha na frente e, atrás, tiras de cabelo. A full lace, que é totalmente fio a fio de telinha, a 360 que é lace em volta e, no meio tiras de cabelo, a de repartição 4x4, que é só o topo e os lados com tiras de cabelo e as 13x4, 13x1, que são referentes ao diâmetro da tela. Mas, basicamente uma lace é montada com o que o cliente precisar."

É possível fazer penteados com a lace ou corre o risco de ela se deslocar?

"Sim, mas o que vai determinar se vai descolar ou não é o tipo de cola, existe as que duram três dias, quinze, até quatro semanas. Então, depende da força da cola."

O processo de lavar os fios é o mesmo de quem não tem lace, ou precisa de algum cuidado diferente?

É o mesmo: xampu, condicionador, máscara, hidratação... O que você quiser fazer. A maior parte é de cabelo humano, então é igual. Só é importante usar o secador no fundo, se for lavar a cabeça à noite, porque é preciso secar a tela para ela não ficar úmida e causar mau cheiro ou mofar o cabelo embaixo. É importante secar para o tecido não ficar úmido."

Camilla de Lucas tirou as tranças para colocar a lace. Que cuidado é preciso ter com os fios naturais antes de colocar o acessório?

"Lavar bem o cabelo e o couro cabeludo, fazer uma hidratação, tirar todo resíduo de produto que tem ali. Para quando colar, o fio estar saudável."

Quanto tempo uma pessoa pode ficar com a lace?

"É o tipo da cola que determina, então, de 3 dias a 4 semanas. Agora, sempre que descolar a lace, é lavar bem o cabelo, tirar a oleosidade."

Existe algum risco de se colocar lace?

"Para pessoas que têm alergia a produtos químicos, sim. Então, é indicado fazer um teste com a cola, aplicar um pouco atrás da orelha e aguardar 24 horas para ver se está tudo bem."

A colocação em um salão demora? Pode ser feito em casa?

"Costuma demorar de uma hora a duas horas e meia. Levando em conta o quanto de cabelo precisa ser trançado e o tempo de lavar, secar, fazer a trança nagô ou prendê-lo. E, sim, isso pode ser feito em salão e em casa."

Qual é a diferença entre lace sintética e de cabelo humano em relação à qualidade?

"A aparência, a longo prazo. Existe no mercado laces sintéticas muito boas, com aparência natural, que também aguenta calor, prancha, babyliss. Mas, com o passar do tempo, acho que vai perdendo a beleza, por mais que cuide, trate... O cabelo humano com tratamento, por outro lado, sempre vai ter a aparência de saudável. A sintética pode ficar com aparência mais ressecada, com as pontas mais inchadas."

Muita gente costuma comprar as laces importadas. Vale a pena?

"Comprar lace importada é sempre um tiro no escuro. Se você não conhece alguém que já comprou e viu que e bom, pode ser que não seja a da foto. É preciso comprar em loja de confiança ou entender qual é o material de que ela é feita."

Laces podem custar de R$ 400 a R$ 5 mil

Universa fez uma pesquisa em sites especializados na venda de laces. Há diversas texturas, tamanhos, modelos, cores, entre outros diferenciais. Uma lace curta, feita com cabelo humano, pode custar a partir de R$ 800. Detalhes como o material de que é feita a base da lace também alteram o preço do acessório; uma full lace lisa, de cabelo humano com comprimento de 55 centímetros, com tecido macio na parte interna pode custar até R$ 5 mil.

As de material sintético são, via de regra, mais baratas: a partir de R$ 400. Em todos os casos, é recomendável buscar na internet informações sobre a reputação do site ou do estabelecimento que vende o produto.

Como cuidar da lace?

A lace pode ser escovada e os fios podem ser lavados normalmente. Há um cuidado com ela fora da cabeça: deixe-a em uma manequim ou em um saquinho de cetim para evitar que os fios embaracem.

Beleza