PUBLICIDADE

Topo

Jornalista da Globo conta que não realizou sonho na carreira por ser negra

Aline Aguiar falou sobre machismo e racismo no Globo Esporte - Reprodução / TV Globo
Aline Aguiar falou sobre machismo e racismo no Globo Esporte Imagem: Reprodução / TV Globo

De Universa

21/11/2020 11h16

A jornalista Aline Aguiar, apresentadora do 'MG1', da Globo Minas, fez uma participação especial ao vivo do 'Globo Esporte' na edição da última sexta-feira, 20, Dia da Consciência Negra. No programa ela revelou que seu sonho no início da carreira era atuar na área esportiva, mas que não conseguiu realizá-lo por ser negra.

"Entrei na faculdade para ser repórter esportiva. O meu sonho era ser repórter esportiva, porque meu pai, durante muitos anos, trabalhou com futebol, narrou jogos, e eu cresci no Mineirão, no estádio, naquele clima gostoso", disse.

E eu queria trabalhar no esporte. Mas eu sou mulher. Eu sou mulher e negra"

Emocionada, ela continuou: "Por ser mulher eu já sofria preconceito. E como negra, a minha imagem não era a esperada para estar naquele meio. Então hoje, estar aqui nesse dia tão simbólico, é muito importante para falar que nós podemos ocupar todos os lugares sim".

Ao longo do dia, também encerrou a apresentação do 'MG1' com um dos punhos cerrados, em uma referência histórica de luta pela igualdade racial. Seus vídeos foram assunto nas redes sociais durante toda a tarde de ontem e continuam sendo compartilhados no Twitter: