PUBLICIDADE

Topo

Mulheres inspiradoras

Chefe da equipe de Kamala Harris é negra e lésbica

Karine Jean-Pierre afirma que "não poderia estar mais orgulhosa" da campanha - Getty Images
Karine Jean-Pierre afirma que "não poderia estar mais orgulhosa" da campanha Imagem: Getty Images

De Universa, em São Paulo

19/08/2020 22h15

Kamala Harris é a primeira mulher negra a concorrer à vice-presidência dos Estados Unidos. Sua equipe também não fica para trás em representatividade: é liderada por Karine Jean-Pierre, uma mulher negra e lésbica — a primeira de ambas as categorias a ocupar o cargo em uma campanha eleitoral.

Caso Biden e Harris sejam eleitos, ela pretende trabalhar para avançar pautas LGBTQ+ nos Estados Unidos. Em entrevista ao canal NBC News, ela afirma que "não poderia estar mais orgulhosa" da campanha.

Karine trabalhou na Casa Branca durante o governo Obama, e relembra o dia em que o prédio ficou iluminado nas cores da bandeira LGBTQ+, após a legalização do casamento gay em todos os estados em junho de 2015.

Ela espera resgatar essa sensação no novo governo: "Eu me lembro de pensar em como eu tinha orgulho do governo, de como eu tinha trabalhado para que aquilo acontecesse. Aquele momento realmente uniu tudo, como os direitos LGBTQ+ eram importantes e o quanto a administração havia lutado por nossos direitos".

Karine ressalta como a escolha de Kamala Harris para a vice-presidência teve impacto em sua vida como mãe: "A parte mais incrível, sendo uma mulher negra como uma filha, é que agora ela pode olhar para a TV e dizer 'uau, quando a gente vencer em novembro, a vice-presidente é alguém que se parece comigo, é alguém em quem eu posso me inspirar para ajudar a liderar o país um dia'".

Mulheres inspiradoras