PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Dany Bananinha sobre amamentação: 'A dor é maior, mas a gente aguenta'

Dany Bananinha e sua filha Lara - Reprodução/Instagram
Dany Bananinha e sua filha Lara Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para Universa, em São Paulo

30/06/2020 10h34

Recém-mãe, Dany Bananinha, 43, tem experimentado a maternidade em um cenário complicado. Com a sua primeira filha, Lara, de 3 meses, a modelo afirmou que, apesar das dificuldades impostas pelo momento, os dias têm sido de muita alegria — inclusive em relação à amamentação.

"Tem sido desafiador, ainda mais sozinha, sem ajuda desde sempre por conta da pandemia. Mas tem sido dias felizes, de muito aprendizado, cansaço e muita parceria parceria entre eu e o papai para cuidarmos da melhor forma da Lara", disse ela em entrevista ao Extra.

Atualmente, Dany tem a companhia do seu namorado, o fisioterapeuta Pedro Koellreutter. "É uma mudança radical na vida, lembro diariamente das noites em que eu escolhia só dormir sem ter compromisso no outro dia. Tudo muda, é bem louco. Louco e lindo."

Amamentar: dor e alegria

Dany contou que, nos primeiros dias em casa, as duas choravam ao mesmo tempo. "Lara, com fome, antes de ser amamentada, e eu de dor. Pedro ficava do lado, quase chorando junto."

A amamentação tem sido cheia de descobertas. "Amamentar é uma conexão muito boa. A dor é maior, mas a gente fica forte e aguenta. Apesar de todo cansaço e dor, a gente esquece de tudo isso quando ela dá um sorriso, segura minha mão na hora de mamar, reconhece minha voz", explica.

"O coração transborda de amor, cada dia mais. Olhar para boneca Lara e lembrar que saiu de dentro de mim, parece um sonho. Sinto orgulho, um amor forte e uma gratidão imensa."

Mães e filhos