Topo

"Ele sabe o que aconteceu", diz mulher que acusa príncipe Andrew de estupro

Príncipe Andrew - Reuters
Príncipe Andrew Imagem: Reuters

De Universa

30/11/2019 11h10

A britânica Virginia Giuffre denunciou, em meados de dezembro, ter sido vítima de uma rede de tráfico sexual e estuprada pelo príncipe Andrew, terceiro filho da rainha Elizabeth.

"Ele sabe o que aconteceu. Eu sei o que aconteceu e somente um de nós dois está dizendo a verdade", afirmou Virginia em entrevista a BBC que vai ao ar na segunda-feira (2). O comentário veio em resposta às alegações de Andrew de que a denúncia é mentirosa e de que sequer conhece a mulher.

Virginia alega ter sido vítima de uma rede de tráfico sexual comandada pelo milionário norte-americano Jeffrey Epstein, que foi encontrado morto no ano passado em sua cela, em uma prisão em Nova York.

Ela conta que foi forçada a ter relações sexuais com o príncipe Andrew por três vezes entre 1999 e 2002 — o que configura crime de estupro. Na primeira delas, tinha 17 anos. "Foi uma época assustadora da minha vida", disse.

Príncipe se afastou de suas funções oficiais após escândalo vir à tona

Andrew anunciou seu afastamento das funções oficiais da família real no dia 20 de novembro, após ter seu nome envolvido nas denúncias de abuso sexual. "Perguntei a Sua Majestade [a rainha] se posso renunciar aos deveres públicos num futuro próximo e ela deu sua permissão", disse o príncipe, em entrevista à BBC na época.

"É claro que estou disposto a ajudar qualquer agência policial apropriada em suas investigações, se necessário", afirmou. Além de Virginia, ele também foi acusado de ter abusado sexualmente de outra mulher, Johanna Sjoberg, em 2015.

Johanna, que é testemunha de Giuffre na ação, alega que há quatro anos também foi vítima do príncipe, que teria tocado seu seio propositalmente e sem consentimento na hora de tirar uma foto com ela e Virginia, em um sofá, durante uma festa na casa de Jeffrey Epstein.

Violência contra a mulher