Topo

Jameela Jamil diz que recusou US$ 3 milhões de marcas "problemáticas"

Jameela Jamil, atriz britânica - Valerie Macon/AFP
Jameela Jamil, atriz britânica Imagem: Valerie Macon/AFP

De Universa, em São Paulo

08/11/2019 17h55

Jameela Jamil costuma ter posicionamentos firmes em nome do que acredita. A atriz de "The Good Place" disse ontem, em entrevista à "Cosmopolitan", que recusou receber cerca de 3 milhões de dólares em campanhas de marcas "problemáticas".

"Eu recusei cerca de 3 milhões de dólares [mais de R$ 12 milhões] no último ano, enquanto meu nome crescia. Isso sem contar as marcas de dieta, detox, exercícios e programas físicos que passam a ideia de que 'gordura é fracasso'", disse ela.

"Eu já teria três casas agora se tivesse dado atenção a essas marcas. Eu não aceito estas propostas porque genuinamente levo a sério o meu cuidado com os itens que promovo e encorajo outras pessoas a consumirem", completou.

A atriz disse acreditar que isso ocorre mais com marcas femininas: "Eu acho que a mensagem de algumas marcas, especialmente as que têm o público feminino como alvo, é altamente problemática. Eu não consigo trabalhar com estas companhias."

Autoestima