Topo

Mães e filhos

Ginasta Shawn Johnson se sentiu culpada ao fazer cesárea após 22h de parto

De Universa, em São Paulo

08/11/2019 15h11

Shawn Johnson usou o Instagram para confessar que se sentiu "culpada" e "um fracasso" ao recorrer à cesariana após 22 horas de parto. A ginasta norte-americana, que já venceu quatro medalhas olímpicas, deu à luz sua primeira filha com Andrew East recentemente.

Ao postar uma foto dos dois carregando a pequena no hospital, Johnson desabafou: "22 horas de parto para terminar em uma cesariana. Eu entrei nessa de forma tão teimosa, pensando que a única forma de trazer o nosso bebê ao mundo era naturalmente. Sem remédios, sem intervenção".

"Após 14 horas, quando eu decidi por uma anestesia epidural, me senti culpada. Após 22 horas, quando me disseram que a única opção era uma cesárea, eu me senti um fracasso", confessou.

"No entanto, assim que consegui segurar a nossa menininha nos braços, e ouvi que tudo correu bem e ela estava segura, eu não poderia ter ligado menos para isso. O meu/nosso mundo não tinha mais nada a ver comigo/conosco, mas sim com ela", continuou.

"É tudo por ela, e eu farei qualquer coisa por essa garota que amo mais do que poderia imaginar. É um amor para o qual ninguém poderia te preparar", disse ainda.

Depois, Johnson deu um recado para o marido: "Eu estava falando a verdade no hospital, quando disse que você vai sempre o #1 na minha lista, mas agora ela será a #1 na nossa lista, juntos".

"Obrigada a todos os incríveis médicos e enfermeiras que trouxeram a nossa bebê ao mundo de forma segura, e ao melhor marido/papai do mundo por estar comigo em cada passo do caminho", completou.

Mães e filhos