Topo

SPFW

Calor, chá de cadeira e peitinhos: 10 coisas que quem trabalha na SPFW vive

Sala de imprensa da SPFW - Natalia Eiras/UOL
Sala de imprensa da SPFW Imagem: Natalia Eiras/UOL

Natália Eiras

De Universa

18/10/2019 04h01

Apesar de já não serem exatamente seus tempos áureos, a São Paulo Fashion Week ainda é um evento que atrai glamour: muita gente anda pelo corredor usando salto alto, looks dignos de passarela e há flashes, muitos flashes para todos os lados. Isso não significa, no entanto, que todo mundo que participa do evento vive de "carão".

Enquanto convidados de desfiles, influenciadoras e pessoas conhecidas do mundo da moda parecem estar sempre impecáveis, repórteres e fotógrafos de moda e beleza terminam a semana de moda "um trapo". É que, por mais que você tenha convites para ver os desfiles e passagem livre para o backstage, isso não quer dizer que você não vai passar alguns muitos perrengues. Fome, calor e muita andança para lá e para cá fazem parte de quem trabalha escrevendo sobre os desfiles que, nesta 48ª edição, acontecem até sexta-feira (18), no Parque Ibirapuera. Universa conta um pouco sobre o que rola nos bastidores da notícia e da moda:

1 - Seu trabalho é uma longa espera

Uma parte da cobertura de semana de moda é entrar nos bastidores para entrevistar maquiador e estilista de cada marca. Uma pulseira ou uma credencial no peito garante a passagem livre para os bastidores, mas isso não quer dizer que a gente pode ir entrando. Precisamos conversar com a assessoria de imprensa de cada marca, que costuma controlar a entrada e saída de jornalistas do backstage. É que, se eles deixarem, a imprensa toda vai lotar o setor de maquiagem e as araras, e as equipes das marcas não terão espaço para dar os últimos arremates antes dos desfiles. Momento compreensivelmente bem tenso, não é? Se for o caso de grifes ultradisputadas, como a Ellus e a Cavalera, pode acontecer de o repórter ficar até quarenta minutos esperando, em pé, na porta do camarim.

2 - Jornalista também pensa no look do dia

Quando se vai trabalhar em um evento como a São Paulo Fashion Week, um look pode te ajudar ou te atrapalhar a conseguir uma entrevista ou a entrar em um local desejado. É que precisamos estar confortáveis para correr de um lado para o outro pelas salas de desfile e corredores. Assim, repórteres estarão, normalmente, com sapatos confortáveis como tênis, plataformas ou mules. O salto alto fica para chefes de revista e convidados de desfiles.

3 - Todo mundo paga "peitinho"

Seja no backstage ou na passarela, é comum vermos peitos desnudos na SPFW. Há muitos looks cujos modelos usam roupas transparentes e deixam o peito à mostra. Mas, além disso, pode acontecer de você estar em um bastidor fazendo uma entrevista e um modelo começar a trocar de roupa bem ao seu lado. O que pode surpreender quem vê imagens dos desfiles é vida comum na cobertura de um evento de moda.

4 - Não basta ser jornalista para ver desfiles

A credencial da São Paulo Fashion Week garante ao jornalista a entrada na área comum do evento e na sala de imprensa. Para ver os desfiles, é preciso que cada uma das marcas separe um convite para os profissionais que estão presentes na lista de credenciados. É uma dupla barreira até chegar a sua cadeirinha, em geral na primeira fila, para acompanhar as novidades do vaivém. Assim, às vezes é comum que alguns colegas fiquem de fora dos eventos. Isso quando não acontece de jornalista e assessora de imprensa brigarem porque o profissional ficou em uma fila que não garante uma boa olhada —e stories— dos looks desfilados.

5 - Toda a programação atrasa

Se existe algo que faz parte da cultura da São Paulo Fashion Week é o atraso dos desfiles. Se você vai a um evento marcado para 16h, pode apostar que os modelos pisarão na passarela por volta das 17h. Nessa uma hora de atraso, é comum os convidados trocarem figurinhas por entre as fileiras de cadeiras e tirarem fotos com pessoas famosas que podem estar na plateia.

6- Calor na sala de desfile

Enquanto você leva um "chá de cadeira" até o início do desfile, muitas vezes o ar condicionado da sala estará desligado. Em outubro, início da primavera, o sol quente bate pelas janelas e o local fica abafado. Por isso, não esqueça a maquiagem à prova de suor caso vá fazer carão na semana de moda. Existe uma teoria entre o público de que os convites são grandes e em papel cartão para o público usar de leque enquanto espera o início do evento.

Roupa na arara a SPFW - Natalia Eiras/UOL
Roupa na arara a SPFW
Imagem: Natalia Eiras/UOL
7 - A gente vê o look de verdade é na arara

Quando um modelo passa por você no desfile, nem sempre dá para ver de perto todos os detalhes de um look. Por isso, a passarela é mais um jeito da marca mostra o caimento e fazer um show sobre o conceito da coleção apresentada. Para ver de perto e entender a complexidade de cada roupa, repórteres e especialistas precisam visitar a arara de peças do estilista, pouco antes do desfile. Ali, os looks ficam montados com o nome de cada modelo, com acessórios e sapatos ao lado. É quando, também, o artista costuma explicar um pouco sobre como criou aquelas roupas e os materiais que ele usou.

8 - Maratona para ir ao banheiro

Se um repórter puder segurar o xixi para evitar ir ao banheiro, ele vai fazê-lo. É que a SPFW costuma ter apenas um banheiro só, tanto para o público como para os funcionários e imprensa. E ele fica bem longe da sala de trabalho dos jornalistas. Além disso, a fila do lado feminino é quase uma constante, uma vez que o local também vira camarim de influenciadora que leva mais de um look para fazer fotos nos corredores da semana de moda.

9 - Fruta e café como refeição

Levando em conta que é preciso visitar o backstage, pegar fila para entrar no desfile, ver os modelos na passarela, correr para sala de imprensa para escrever e, a partir daí, começar tudo de novo, sobra pouquíssimo tempo para comer, se hidratar e dar um pulinho na fila do banheiro. A organização da SPFW costuma, então, oferecer carinhosamente alguns lanchinhos para os jornalistas. Maçãs e peras se tornam, assim, as principais refeições dos profissionais, além do bom e velho café para aguentar a correria.

10 - Você vai sempre sair na foto de alguém

Em todo lugar que você vai na SPFW tem alguém tirando uma foto. Seja um famoso ou um visitante deslumbrado com a sua primeira semana de moda, ou segunda, ou terceira. Por isso, se estiver scrollando a sua timeline e der de cara com você de papagaio de pirata de um desconhecido, não fique assustado. Todo mundo já saiu no fundo da foto de alguém em uma semana de moda.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

SPFW