Topo

Mães e filhos

Mãe faz desabafo emocionante sobre dar à luz gêmeas com síndrome de Down

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Da Universa

21/03/2019 13h45

Cogitando a possibilidade de realizar uma vasectomia, Rachel e Cody Prescott cancelaram essa decisão e optaram por tentar um terceiro filho, que faria companhia para os irmãos Easton, de 5 anos, e Hudson, de 3.

Os planos para a gravidez deram certo e vieram em dose dupla, após Rachel descobrir que estava esperando gêmeas.

Embora a mãe tenha feito todos os exames necessários do pré-natal, foi só quando deu à luz que descobriu que ambas as garotinhas tinham uma doença cardíaca congênita e síndrome de Down.

E foi sobre essa experiência que Rachel escreveu ao site "PopSugar" um depoimento emocionante sobre a surpresa e como foi se tornar mãe das gêmeas com tal condição.

Rachel com as filhas, Anette e Charlotte - Reprodução/Instagram
Rachel com as filhas, Anette e Charlotte
Imagem: Reprodução/Instagram

"Ter um filho com síndrome de Down é como descobrir a melhor parte de si e ganhar na loteria ao mesmo tempo. Uma enfermeira veio até o meu leito e me disse que nossas garotinhas tinham Down. Minha resposta foi 'sério?'. Na verdade, eu nem me lembrava sobre a resposta que tinha dado, mas ela mais tarde me contou que eu havia dito isso e que era um alívio para a equipe médica ver a nossa felicidade, porque era algo que ela não esperava", relembra.

O fato de que de Anette e Charlotte, as recém-nascidas, tinham síndrome de Down era desconhecido por Rachel, que reforçou em sua carta aberta a importância dos pais não lidarem com isso como se fosse um obstáculo.

"Eu adoraria que todos os pais soubessem como as pessoas com síndrome de Down são amáveis antes de qualquer coisa. Se eles soubessem como são sortudos em conceber crianças como essas, então talvez pudéssemos descartar o luto que muita gente sofre nesses diagnósticos e substitui-lo por celebração", afirma. "Eu aconselho a conexão desses pais com outros que passaram pela mesma situação, porque coletivamente concordamos que ter um filho com Down é como descobrir a melhor parte de si e ganhar na loteria ao mesmo tempo".

Mães e filhos