PUBLICIDADE

Topo

Universa

Conheça os segredos do cultivo de rosas

Rosas variadas podem ser cultivadas em vaso, mas não toleram compartilhar o espaço com outras plantas - Getty Images
Rosas variadas podem ser cultivadas em vaso, mas não toleram compartilhar o espaço com outras plantas Imagem: Getty Images

Simone Sayegh

Do UOL, em São Paulo

22/05/2014 07h00

A rosa é a principal flor de corte comercial do mundo, mas seu cultivo caseiro ainda gera dúvidas. Segundo a engenheira agrônoma e doutoranda em Agronomia e Horticultura pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), Kamila de Almeida Monaco, essas flores exigem os mesmos cuidados gerais que qualquer outra, mas a atenção com o clima é fundamental.

Rosas não foram feitas para resistir a temperaturas muito quentes e nem muito frias, o ideal é que elas estejam entre 17° C e 25° C: “O calor em excesso adianta o florescimento, enquanto o frio atrasa”, explica Monaco.  Flores de sol pleno, as rosas também demandam a exposição diária à luz solar direta por cerca de seis horas. No entanto, seu cultivo não se resume aos jardins: o plantio de botões em vasos é uma boa pedida para quem tem uma varanda ou um local bem iluminado no apartamento.

No vaso também dá

O primeiro passo é escolher um vaso com boa profundidade, já que as raízes precisam crescer e se desenvolver para melhor absorver os nutrientes e a água do substrato. “Recomendo recipientes com pelo menos 30 cm de altura”, indica a agrônoma.  A largura (ou o diâmetro), porém, é variável de acordo com a quantidade de mudas e a variedade (tipo de rosa) a ser plantada.

Por exemplo, se você deseja cultivar três mudas, um vaso com 40 cm de diâmetro é suficiente; para apenas uma, utilize um recipiente com 25 cm. Para tipos menores, como a “biscuit” e as mini-rosas, vasos com até 15 litros de capacidade são adequados. Espécies arbustivas e trepadeiras, por sua vez, se dão bem em suportes com cerca de 30 litros. É importante notar que as rosas não devem ser plantadas junto a outras plantas, em um mesmo vaso, pois são muito competitivas quanto à absorção de nutrientes.

$escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-lista','/2014/o-cultivo-1400697157442.vm')

Universa