PUBLICIDADE

Topo

"Me sinto culpada porque tive um namorado abusivo. E agora?"

Mulher debaixo do cobertor - Pexels
Mulher debaixo do cobertor Imagem: Pexels
Karin Hueck

Karin Hueck é jornalista e escritora. Foi editora da revista "Superinteressante", colaborou para alguns dos maiores veículos do Brasil e tem 5 livros publicados. "Se conselho fosse bom" é uma coluna de conselhos sentimentais, existenciais e práticos. Está com problemas no trabalho? Sua família te enlouquece? Não sabe se casa ou compra uma bicicleta? Mande as suas dúvidas para o se.conselho.fosse.bom@bol.com.br As respostas são 100% anônimas

Colunista do UOL

16/10/2020 04h00

Olá, estou passando pela dor do fim de um relacionamento abusivo. "Mas como? Sofrendo por alguém que acabou com você?" Sim... O que eu sinto é muito parecido com o que tantas outras mulheres passam. Ele se aproveitou do meu dinheiro, minha bondade, minha inocência. Ganhei traição, perda dos meus sonhos, minha alegria, gritos, brigas. A pergunta é: o que fazer para não sentir a culpa de ter sido tão trouxa, de não ter enxergado tudo isso, de ter permitido chegar a esse ponto? Ele quem fez tudo isso e eu continuo me sentindo culpada.
- Eu não sou trouxa, não
- Cara não-trouxa
A primeira coisa que você precisa entender é que relacionamentos abusivos não funcionam dentro das regras normais dos namoros. Quem está no meio dessa relação não consegue enxergar os absurdos que estão acontecendo com clareza porque a pessoa abusiva faz com que você duvide das suas certezas. Você não foi trouxa de ter ficado, é difícil demais quebrar o ciclo de abuso e todo mundo está suscetível a se ver nessa situação. Também é muito difícil se recuperar depois. A primeira coisa a fazer é parar de se sentir culpada --porque você não é. E, em seguida, acho que seria bom procurar um acompanhamento psicológico para te ajudar a superar essa fase mais aguda.

Olá, me apaixonei loucamente por um cara que conheci no Tinder em 2019. Saímos várias vezes e eu praticamente morei por um mês na casa dele, sem cobrança, só vivendo e nos encontrávamos quando dava. Ele sai com homens também, mas isso não é um problema para mim, ele mesmo quem me contou. Mas, de uns tempos para cá, eu mando mensagem e ele nem me responde... Agora estou indo embora pra outro estado e pedi para encontrá-lo uma última vez, mas minha mensagem foi ignorada. Estou triste e sinto meu coração quebrado, mesmo sem ele nunca ter me dado esperanças. O que devo fazer? Pensei em fazer uma surpresa e aparecer na casa dele, mas tenho medo de dar errado ou chegar lá e ele estar com outra pessoa. Eu só queria me despedir.
- Eu me apaixonei pela pessoa errada
- Cara eu me apaixonei pela pessoa errada
Eu imagino a sua dor de amor. Mesmo que ele nunca tenha te prometido nada, é impossível prever os sentimentos que podem aparecer no meio de uma relação. E que, nesse caso, apareceram apenas para você. Eu acho que ele está sendo bem claro na mensagem dele, embora esteja passando-a de um jeito bem duro para quem conviveu tanto. Ele não está mais interessado. Ele podia ter te dito isso, mas não o fez. Não vá na casa dele. Você está esperando um final redentor para essa história, que dificilmente acontecerá. Aproveite que você está se mudando para longe para focar sua energia em outras coisas e superá-lo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.