PUBLICIDADE

Topo

Blog Mulherias

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

De volta ao mercado: mais de 300 cursos grátis para driblar o desemprego

Há muita oferta online de formação em diversas áreas para dar a volta por cima - Gettyimages
Há muita oferta online de formação em diversas áreas para dar a volta por cima Imagem: Gettyimages
Flávia Martinelli

Flávia Martinelli é jornalista. Aqui, traz histórias de mulheres das periferias e vai compartilhar reportagens de jornalistas das quebradas que, como ela, sabem que alguns jardins têm mais flores.

Colunista de Universa

29/03/2021 04h00

Por Caroline França, especial para o blog MULHERIAS

A pandemia do coronavírus impactou o mercado de trabalho e, sabemos, há milhares de desempregados. Diante dessa crise, o jeito é reinventar-se e uma das alternativas é apostar em cursos profissionalizantes ou de qualificação para incrementar o currículo e se destacar na hora de tentar uma vaga. Selecionamos mais de 300 formações em diversas áreas de conhecimento para dar a volta por cima. E não tem pegadinha: todo o conteúdo que apontamos aqui é gratuito, online e, na grande maioria, oferece certificado.

Com o isolamento social e a necessidade de adaptação ao "novo normal", algumas profissões ficaram em alta, surgiram novidade e oportunidades, como nas áreas voltadas para tecnologia da informação (TI) e marketing digital. Aprender uma nova atividade ou atualizar o conhecimento, portanto, são saídas tanto para quem busca recolocação quanto para quem está procurando o primeiro emprego.

E a tendência é que os setores de tecnologia e logística cresçam ainda mais quando a pandemia acabar.

Segundo o Senai (Serviço Nacional de Aprendizado Industrial), entre as funções que vão se destacar estão as de especialista em cibersegurança e em realidade virtual aumentada e a de desenvolvedor de aulas para educação à distância. Fique de olho! Antes consideradas "profissões do futuro", agora são opções "para ontem" mesmo.

Os cursos que elencamos a seguir contemplam programas do governo e de instituições com séria trajetória educacional, como Senai, Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) e a Recode, fundada há 25 anos, presente em nove países com 1.152 centros de empoderamento digital e atuação em centros comunitários, escolas públicas e bibliotecas.

Entendido pela ONU como um problema emergencial no Brasil, a criação de oportunidades de emprego e educação também contempla hoje o UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) que, por meio da iniciativa 1 Milhão de Oportunidades, está promovendo uma coalizão de esforços entre setores da iniciativa privada, pública, sociedade civil e voluntariado para gerar, nos próximos dois anos, um milhão de oportunidades educativas e de emprego decente (uma convenção da OIT - Organização Internacional do Trabalho) para a inclusão de jovens de 14 a 24 anos no mercado.

Conheça as alternativas, escolha seu curso e vamos que vamos!

Ache sua saída entre Um Milhão de Oportunidades

Plataforma 1Mio tem conteúdo atualizado e gratuito - Reprodução site www.1mio.com.br - Reprodução site www.1mio.com.br
1 Mio iniciativa UNICEF
Imagem: Reprodução site www.1mio.com.br

A iniciativa Um Milhão de Oportunidades, carinhosamente chamada de 1Mio, é ampla, inclui a criação de saídas produtivas para jovens em situação de vulnerabilidade, vagas de emprego inclusivas e conectividade, e conta com uma plataforma de cursos gratuitos renomados e em constante atualização para promover acesso à educação profissional.

Atualmente, traz 115 cursos grátis em diversas áreas do conhecimento. Além disso, inaugurou, nesta semana, um site exclusivo chamado Alu1Mio com quatro rotas de estudo que contemplam desde o aluno que não sabe fazer currículo ou precisa ter noções básicas do mercado de trabalho até quem está a fim de mudar de carreira e dar os primeiros passos numa profissão ligada à área de tecnologia. É show!

Escola do Trabalhador 4.0

Curso da Microsoft a partir de abril - Reprodução site empregamais.economia.gov.br - Reprodução site empregamais.economia.gov.br
Curso da Microsoft a partir de abril
Imagem: Reprodução site empregamais.economia.gov.br

O Ministério da Economia, em parceria com a Microsoft, está oferecendo mais de 45 cursos gratuitos e à distância, todos voltados para a área de tecnologia. O programa Escola do Trabalhador 4.0 prepara os alunos para o mercado de trabalho e pretende alcançar 5,5 milhões de trabalhadores até 2023. Entre os cursos disponíveis estão: Word, Excel, Powerpoint, "Criar um site simples usando HTML, CSS e JavaScript" e "Escrever seu primeiro código C#". Os alunos matriculados terão acesso à licença do Microsoft Office 365, que dá acesso a aplicativos como Word, Excel, PowerPoint, entre outros, além de espaço de 10GB no OneDrive. O programa é voltado para trabalhadores maiores de 18 anos, com foco naqueles que estão cadastrados na plataforma do SINE (Sistema Nacional de Emprego). É aberto a todo território nacional. Para se cadastrar, basta acessar a página da Escola do Trabalhador 4.0.

Recode tem programa "Prepare-se para Voltar"

Também em parceria com a Microsoft, a organização Recode oferece capacitação virtual e gratuita para quem está à procura de um novo emprego. Os cursos do módulo "Prepare-se para Voltar" são voltados para o desenvolvimento competências digitais que podem ajudar na busca, como práticas para a criação de um currículo e o uso de ferramentas para autogestão do tempo. Entre as aulas, fica a dica, há ensino de apresentações em power point "na real", algo que ficou cada vez mais importante de se usar em reuniões on-line.

Vale a pena acompanhar a agenda de cursos: em maio tem de Marketing Digital - Reprodução Recode.org.br - Reprodução Recode.org.br
Vale a pena acompanhar a agenda de cursos: em maio tem de marketing digital
Imagem: Reprodução Recode.org.br

O site da Recode ainda traz uma série de formações gratuitas para acessar os cursos pelo celular ou tablet e vale acompanhar os lançamentos para os meses seguintes. Em maio, será lançado o curso "40 horas de marketing digital" — e não falta procura de quem saiba fazer esse tipo de trabalho nas redes sociais. Se joga!

Explore os portais do Senai

Portais do Senai oferecem aulas grátis também - Reprodução Mundo Senai - Reprodução Mundo Senai
Portais do Senai oferecem aulas grátis também
Imagem: Reprodução Mundo Senai

O Senai (Serviço de Aprendizagem Nacional) também oferece cursos técnicos e de aperfeiçoamento profissional em diversas áreas de conhecimento, como tecnologia da informação, segurança do trabalho e gestão. No portal Mundo Senai, é possível encontrar cursos pagos e gratuitos. Já no Senai Play, tem uma série de vídeos que promovem a educação profissional, em formatos de minicursos e tutoriais.

Sebrae tem cursos até por Whatsapp

Mais de 100 cursos gratuitos com certificado são oferecidos pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). Tem conteúdo em diversas áreas, como inovação, marketing e finanças. No portal, também são disponibilizados e-books e jogos interativos e até cursos que são realizados pelo Whatsapp, como o da foto (abaixo), sobre vendas pela internet.

Sebrae: curso de vendas pela internet pelo app de celular!  - Reprodução www.sebrae.com.br - Reprodução www.sebrae.com.br
O curso de vendas pela internet é dado via app de troca de mensagens
Imagem: Reprodução www.sebrae.com.br

122 cursos da FGV na faixa!

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) oferece mais de 122 cursos gratuitos com certificação sobre diversos temas, entre eles tecnologia e ciência de dados, marketing e vendas e gestão de setores específicos. Há módulos voltados para gestores, outros para professores ou profissionais de saúde e até para quem quer aprender a fazer investimentos, inteirar-se sobre democracia digital ou conceitos sobre o tempo ou relações étnico-raciais no Brasil. A variedade é incrível! Acesse a lista aqui.

curso grátis FGV - Reprodução FGV - Reprodução FGV
Site da FGV tem variedade de cursos até para quem é de humanas
Imagem: Reprodução FGV

Educação alinhada com a economia nacional

O Ministério da Educação, em parceria com o Ministério da Economia, lançou o programa Qualifica Mais, Emprega Mais, que oferece cursos on-line gratuitos para a área de tecnologia. As inscrições vão até o dia 11 de abril. Nesta primeira fase, serão oferecidas 6.069 vagas em 11 cidades e regiões metropolitanas. O programa é voltado para jovens de até 29 anos, preferencialmente. Os interessados devem ter ensino médio completo e morar em uma das cidades ou regiões metropolitanas atendidas pelo programa. Para se inscrever, é preciso acessar a página do Edulivre e completar a Trilha Qualifica Mais, que traz informações sobre os cursos e o mercado de trabalho, além de conter exercícios. As aulas têm início no dia 10 de maio e devem durar até seis meses. A carga horária média de formação é de 200 horas.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Blog Mulherias