PUBLICIDADE
Topo

Celular esquentou demais? Saiba as possíveis causas e quando é perigoso

Estúdio Rebimboca/UOL
Imagem: Estúdio Rebimboca/UOL

Colaboração para Tilt

08/01/2022 04h00

Você já deve ter passado por isso: está lá mexendo no celular, quando percebe que tem algo estranho. O aparelho está ficando cada vez mais e mais quente. Aí você se preocupa, deixa ele um pouco de lado e, quando volta mais tarde, o telefone já está na temperatura normal.

Mas e aí? Você segue o jogo e desencana até a próxima vez que ele esquentar? Leva numa assistência? Troca de celular antes que aconteça algum acidente? Por que diabos o celular está esquentando? Bom, depende.

Há mais de uma explicação para esse calor. Para você não ter que ficar esquentando a cabeça, separamos aqui algumas possíveis causas (e soluções) para o problema.

1. É vírus

O pior dos cenários possíveis é o que você está infectado por algum malware. E, olha, quem invadiu seu sistema operacional não está só esquentando seu celular para sacanear você — ele está ganhando dinheiro com isso.

A razão disso é uma prática conhecida como criptojacking. Trata-se de um sequestro do seu celular. Mesmo com ele ali, no seu bolso, outra pessoa está controlando ele à distância. Não para fazer ligações ou mandar correntes no zap, mas para minerar (ou seja produzir) bitcoins usando o seu celular.

"A mineração de criptomoedas utiliza muito poder de processamento, e os mineradores ficam frequentemente divididos entre o custo exigido para minerar as moedas e o valor de mercado delas em si", explica Charlotte Empey, responsável pela segurança do consumidor da Avast, no blog da empresa de antivírus.

Ao usar o seu celular para minerar, eles não tem o custo, e o lucro sai limpo. São só vantagens para ele, as desvantagens ficam por sua conta mesmo.

Para evitar isso, ter um antivírus instalado no aparelho pode resolver o problema. Se a questão não for essa, aí a gente olha para as peças do seu celular

2. Carga pesada

Há uma altíssima chance de o problema desse superaquecimento ser a sua bateria (mais um motivo para você reclamar dela). Acontece que para manter seu aparelho funcionando há uma quantidade significativa de energia envolvida. E isso pode ser perigoso.

"O calor faz com que a bateria libere seus solventes orgânicos, que podem entrar em combustão com o calor ou uma faísca", afirma Empey.

O caso mais emblemático desse tipo de problema aconteceu em 2016. A Samsung havia acabado de lançar o Galaxy Note 7 quando diversos casos de explosões começaram a pipocar. Foram mais de 30, até que a empresa resolveu recolher os celulares (menos de 20 dias após seu lançamento). Se esse for o caso, corra para a assistência técnica.

3. Olho na tela

Sua telinha (ou telona) produz luz. E luz produz calor, é do jogo. Um alto uso da tela, seja para ver filmes, séries, jogar ou só navegar nas redes, pode acabar esquentando o seu celular.

Uma dica fácil para resolver isso é diminuir o brilho, ou colocar o telefone em modo "Economia de Bateria".

4. Pensando demais

Outro culpado pode ser o processador do seu aparelho. Tanto a CPU (Unidade Central de Processamento, responsável por fazer praticamente todos os processos do seu celular) quando a GPU (Unidade de Processamento Gráfico, que cuida do que aparece, de fato, na sua tela) podem superaquecer quando estão diante de um volume grande de cálculos para realizar.

É exatamente como seu computador, mas o celular não possui aquelas ventoinhas enormes que um PC potente têm, por isso o calor não se dissipa tão bem. Para solucionar isso, há algumas saídas: a primeira é encerrar os aplicativos que ficam abertos em segundo plano no seu celular.

Outra saída é simplesmente maneirar um pouco mais no uso. Maratonar uma temporada inteira pelo seu aparelho dá uma canseira na sua GPU. Ficar horas jogando Fortnite ou Candy Crush também. Uma pausa entre uma jogatina ou episódio pode ajudar.

5. Questões externas

Em alguns casos, a questão é muitos mais simples. Talvez seja só a sua capinha protetora que esteja causando esse calor excessivo. Acontece que o acessório acaba segurando o calor gerado por todas essas causas citadas acima. Tirar um pouco esse agasalho pode resfriar o celular.

O mesmo acontece se você deixa o telefone no sol. Largue o coitado na sombra, enquanto se bronzeia na praia, porque o calor excessivo da nossa estrela vai prejudicar o funcionamento do aparelho.

Há ainda a possibilidade do problema estar relacionado ao carregador. Um problema no cabo ou o uso de um acessório "paralelo" de baixa qualidade pode fazer com que os circuitos de carregamento esquentem —perceba se a quentura não está irradiando justamente de perto da entrada.

Vale lembrar também que não adianta usar ferramentas externas para tentar resfriar seu aparelho. Colocar ele na geladeira só vai danificá-lo mais. Nossas dicas com certeza vão ter mais efeito do que isso.

Quando o calor é excessivo?

"Por funcionarem com eletricidade, é de se esperar que os smartphones tenham um aquecimento razoável", diz Danilo Martins, sócio-diretor da Yesfurbe. O problema, no entanto, é quando ele deixa de ser "razoável". A maioria dos telefones, no entanto, têm sistemas e sensores para interromper o seu funcionamento caso detectem uma situação do tipo.

É normal que os celulares esquentem de vez em quando. Todos os telefones têm uma faixa de temperatura normal de 37° a 43° C. Mas como saber se passou disso?

Há aplicativos para Android que medem a temperatura interna do celular, como IDA64, Cooling Master e CPU-Z. Só um detalhe: alguns deles prometem um recurso de "esfriamento" que é controverso: há quem defenda que a ação deles adiciona mais uma tarefa no processamento do celular e aumenta ainda mais o problema.

O iPhone tem uma própria tela de aviso de temperatura caso seja ultrapassado um determinado limite de temperatura. O iOS tentará regular o problema, e alguns sinais disso são carregamento de bateria mais lento, tela escurecendo ou ficando preta, o sinal de celular pode ficar mais fraco, o flash da câmera é temporariamente desativado, e o desempenho fica mais lento em tarefas pesadas.

Aviso de temperatura do iPhone quando o celular esquenta demais - Reprodução - Reprodução
Aviso de temperatura do iPhone quando o celular esquenta demais
Imagem: Reprodução