PUBLICIDADE
Topo

Como Adele conseguiu tirar a opção de tocar músicas aleatórias no Spotify

Foto de Adele durante participação no programa "Saturday Night Live", nos Estados Unidos - Reprodução/Twitter
Foto de Adele durante participação no programa 'Saturday Night Live', nos Estados Unidos Imagem: Reprodução/Twitter

Marcos Bonfim

Colaboração para Tilt, de São Paulo

22/11/2021 15h18Atualizada em 23/11/2021 20h09

Com o lançamento do álbum de músicas "30", na última sexta, a cantora Adele voltou a chamar a atenção dos fãs e da crítica especializada. Ele, que é o seu primeiro álbum após seis anos de pausa, registrou cerca de 61 milhões de reproduções no Spotify somente no primeiro dia de estreia.

E é nessa própria plataforma de streaming que a artista pediu uma mudança importante: impedir que o modo aleatório de reprodução de músicas permanecesse automático para álbuns de artistas.

O argumento, segundo a Adele, é que as histórias sejam contadas a partir das estruturas montadas por cada artista. O Spotify cedeu e mudou não só para a cantora como para outros artistas também.

A novidade envolve a versão premium (paga) do aplicativo. E agora a função "shuffle" (embaralhar, em tradução direta) da reprodução de músicas não fica mais automática para os discos online.

Em resposta a um post do site Pop Crave, a Adele escreveu no Twitter: "Este foi o único pedido que eu fiz em nosso setor em constante mudança! Não criamos álbuns com tanto cuidado e reflexão sobre a nossa lista de faixas sem motivo. Nossa arte conta uma história e nossas histórias devem ser ouvidas como pretendemos. Obrigado Spotify por ouvir".

A publicação já soma 298,5 mil curtidas e 35,8 mil compartilhamentos.

Na sequência, a empresa respondeu em meio aos comentários:"Tudo por você [Adele]."

A alteração também foi confirmada por Chris Macowski, chefe de comunicações musicais do Spotify, ao site The Verge. "Como Adele mencionou, estamos empolgados em compartilhar que começamos a lançar um novo recurso Premium que há muito é solicitado por usuários e artistas para tornar o 'play' o botão padrão em todos os álbuns".

De acordo com o executivo, o app continuará disponibilizando a opção para aqueles que desejam ouvir os álbuns em modo aleatório. Nesses casos, os assinantes podem ir em "Reproduzindo Agora" e selecionar a opção de embaralhar as músicas.

O poder de Adele

A publicação de Adele repercutiu bastante e, claro, não faltaram memes sobre o tema. Muitos internautas começaram a brincar com o poder que Adele teve de mudar uma configuração tão tradicional no Spotify.

O álbum

Lançado no dia 19 de novembro, o álbum "30" reflete sobre questões como divórcio, maternidade e a fama da artista.

Bastante aguardado, o disco teve como termômetro da expectativa dos fãs a repercussão do single "Easy on Me", que registrou o recorde de maior audiência global do Spotify em um dia.