PUBLICIDADE
Topo

Comprou um celular Android? Confira quatro configurações para mudar já

De Tilt, em São Paulo

17/07/2021 11h19

Acabou de sair da loja com um celular Android novinho? Antes de escolher o seu toque favorito ou baixar os apps que mais usa, saiba que algumas funções do seu aparelho devem ser alteradas nos primeiros dias de uso: tudo para proteger os seus dados e evitar danos em caso de perda, furto ou roubo.

Os celulares vêm de fábrica com uma série de configurações padronizadas, que podem não ser exatamente o que você deseja. Pensando nisso, Tilt dá uma mão para você com o passo a passo de quatro configurações importantes para que você personalize para garantir mais privacidade e segurança ao seu novo smartphone.

E vale a pena dar uma olhada na lista mesmo que o seu aparelho não seja tão novinho assim!

Diminua o tempo máximo para bloqueio da tela

Defina quando você deseja que a tela seja bloqueada automaticamente. Isso significa que, após um período sem uso, o aparelho vai exigir outra vez o código de acesso —e o ideal é que esse tempo seja o mínimo possível.

No Android, isso pode ser feito na seção Configurações. Clique em Segurança e depois em Bloqueio Automático. No próximo passo, basta escolher o tempo desejado.

Anote o número do IMEI

Todo celular tem um registro digital que o torna único e o protege. Trata-se de um número de 15 dígitos que o identifica, conhecido como IMEI (International Mobile Equipment Identity, ou identidade internacional de equipamento móvel).

Esse número pode ser bem útil em algumas situações, como para bloquear o celular em caso de roubo ou furto.

Confira abaixo algumas formas de descobrir o IMEI do seu celular:

  • Digite *#06# e aperte discar;
  • Olhe na caixa do aparelho;
  • Verifique se o número consta em um adesivo embaixo da bateria;
  • Procure "Sobre o telefone" no menu "Ajustes"

Configure o rastreamento

Uma função importante desde os primeiros dias de uso é a possibilidade de rastrear o seu aparelho em caso de perda, roubo ou furto. Se você quiser contar com essa possibilidade, primeiro é preciso que o mecanismo esteja funcionando.

Para isso, basta acessar o menu Configurações e, em seguida, Localização. Ative. Nessa tela serão apresentadas informações sobre como os serviços do Google utilizam a sua localização.

Com isso, será possível fazer o bloqueio de seu celular remotamente por meio do android.com/find.

Impeça alteração de configurações de internet com tela bloqueada

A primeira coisa que ladrões fazem ao roubar um celular com tela bloqueada é desligar a internet para impedir que a vítima apague todos os dados remotamente, por isso é importante impedir que alguém mexa nas configurações da internet sem desbloquear o aparelho.

O caminho muda dependendo da fabricante do seu celular. Mas procure no app de Configurações as opções para editar a tela de bloqueio e impedir o acesso ao painel de configurações (ou, pelo menos, ao Wi-Fi e à internet móvel, se essa configuração existir no seu aparelho).