PUBLICIDADE
Topo

Novo visual, modo youtuber e caneta: veja principais recursos do Galaxy S21

Os três novos Galaxy S, da Samsung: Galaxy S21, Galaxy S21+ e Galaxy S21 Ultra - Guilherme Tagiaroli/UOL
Os três novos Galaxy S, da Samsung: Galaxy S21, Galaxy S21+ e Galaxy S21 Ultra
Imagem: Guilherme Tagiaroli/UOL

Guilherme Tagiaroli

De Tilt, em São Paulo

14/01/2021 12h00

Sem tempo, irmão

  • Samsung apresentou três novos smartphones: Galaxy S21, Galaxy S21+ e Galaxy S21 Ultra
  • Galaxy S21 Ultra tem suporte à caneta S Pen, porém é vendida separadamente
  • Destaque fica por conta de câmeras, novo visual e um modo de vídeo que permite gravar duas câmeras ao mesmo tempo
  • Aparelhos não vão vir com carregador e fone de ouvido; no Brasil, Samsung ainda estuda medida

Sempre em meados de fevereiro, a Samsung lançava novos smartphones top de linha da série Galaxy S, mas neste ano as coisas estão diferentes. Nesta quinta-feira (14), a companhia sul-coreana apresentou o novo celular, que conta com três versões: Galaxy S21, Galaxy S21+ e Galaxy S21 Ultra.

Os smartphones já estão em pré-venda nos EUA e chegam ao varejo em 29 de janeiro. Os preços sugeridos são:

  • Galaxy S21 (US$ 799)
  • Galaxy S21+ (US$ 999)
  • Galaxy S21 Ultra (US$ 1.199)

Ainda não há detalhes sobre o lançamento no mercado brasileiro, mas a marca costuma trazer os aparelhos para o Brasil pouco tempo depois de serem apresentados.

O Galaxy S21 e S21+ se diferenciam pelo tamanho da tela —6,2 polegadas (15,7 cm) e 6,7 polegadas (17 cm), respectivamente— e um novo design na área das câmeras. Já o Galaxy S21 Ultra tem um corpo de metal, conta com quatro câmeras na traseira e suporte à caneta S Pen (que é vendida separadamente). Todos já estão habilitados com 5G.

Fora do país, os aparelhos devem ser vendidos sem fone de ouvido e carregador, seguindo uma tendência iniciada pela Apple no ano passado, por motivos de redução de lixo eletrônico. Aqui no Brasil, a empresa diz que ainda pensa como vai ser a comercialização dos produtos.

A diferença é que a Samsung, assim como outras fabricantes Android, usam o padrão USB-C já há algum tempo, então muitas pessoas já têm carregador compatível.

Segundo a companhia, o adiantamento do lançamento tem relação com as rápidas transformações ocorridas em 2020 por causa da pandemia e para reforçar o ecossistema de produtos Galaxy. Normalmente a linha era atualizada todos os anos em meados de fevereiro ou março.

"Nossos clientes estão cada vez mais usando smartphone, e a necessidade por avanço tecnológico está cada vez maior. Por isso, aceleramos nosso desenvolvimento", disse Mario Laffitte, vice-presidente de relações institucionais da Samsung na América Latina, em conversa com jornalistas.

Galaxy S21 e Galaxy S21+: novo visual e câmeras mais espertas

De cara, todos os novos Galaxy S21 têm um visual diferente. Existe uma integração entre a estrutura lateral, que "abraça" o módulo da câmera. Dependendo da cor do aparelho, esta região tem uma cor que contrasta com a do corpo do celular.

Traseira do Galaxy S21 - Guilherme Tagiaroli/UOL - Guilherme Tagiaroli/UOL
Detalhe da traseira do Galaxy S21
Imagem: Guilherme Tagiaroli/UOL

É um detalhe, mas de alguma forma os novos Galaxy S21 ficaram com o módulo de câmera parecido com o do Galaxy Note 20+ lançado em 2020.

Se você tem costume de usar um cartão microSD para aumentar a capacidade do telefone, deverá ficar esperto com os Galaxy S21. Isso porque a marca não incluiu a opção nos novos telefones.

O processador na versão brasileira dos aparelhos será o recém-lançado Exynos 2100 (2,9 GHz), um chip octa-core que promete até 30% mais desempenho que o Exynos 990, seu antecessor. Nos EUA e em alguns outros mercados, os aparelhos virão com processador Snapdragon 888 (2,84 GHz).

Os Galaxy S21 e Galaxy S21+, como já mencionado, se distinguem pelo tamanho da tela e acabamento na traseira. O primeiro tem a retaguarda em plástico, e o segundo em metal. O visor deles conta com taxa de atualização variável, que chega até a 120 Hz. Isso faz com que haja uma fluidez maior na imagem em games com muita ação. Além disso, os dispositivos têm baterias de 4.000 mAh e 4.800 mAh.

Galaxy S21+ - Guilherme Tagiaroli/UOL - Guilherme Tagiaroli/UOL
Galaxy S21+: de frente, os aparelhos da linha topo de linha da Samsung continuam os mesmos, com bordas finas e câmera de selfie centralizada
Imagem: Guilherme Tagiaroli/UOL

A câmera de selfie dos dois aparelhos é de 10 MP, enquanto na traseira são três sensores: principal de 64 MP (f/2.0), ultra-grande angular de 12 MP e teleobjetiva de 12 MP. A diferença é que o S21+ tem uma teleobjetiva com estabilização ótica de imagem, um recurso importante para evitar fotos ou vídeos tremidos.

Os aparelhos trazem várias funcionalidades relacionadas a gravação de vídeo. É possível gravar em 8K no sensor principal. Além disso, eles têm um novo modo de captação chamado "modo diretor", que grava simultaneamente pela câmera selfie e com algum dos sensores da traseira. O interessante é que você consegue ver as imagens captadas em tempo real e escolher qual a melhor câmera para o seu vídeo. Talvez o recurso seja uma boa pedida para youtubers ou criadores de conteúdo que curtam vídeos em que podem gravar a si mesmo e o que veem ao mesmo tempo.

Modo Visão do Diretor - Guilherme Tagiaroli/UOL - Guilherme Tagiaroli/UOL
Disponível em todas variantes do Galaxy S21, modo Visão do Diretor permite que pessoa grave com a câmera de selfie e com câmera da traseira simultaneamente
Imagem: Guilherme Tagiaroli/UOL

Os smartphones também contam com melhorias na captação de áudio. A Samsung afirma que eles passam a suportar a gravação com múltiplos microfones.

Na fotografia, o modo Single Take, presente em vários dispositivos da Samsung, agora está aprimorado nos novos Galaxy S21. Nele, a câmera captura até 15 segundos de uma cena, gerando até dez fotos e quatro vídeos usando inteligência artificial. Segundo a empresa, o processamento está cinco vezes mais rápido.

Para quem gosta de usar o modo retrato, os novos Galaxy S21 terão agora novos efeitos de iluminação de estúdio semelhantes aos dos iPhones. Além disso, a Samsung ressalta que a análise de profundidade das imagens será mais precisa com ajuda de uma inteligência artificial melhor.

Como o Galaxy S20+ do ano passado, os novos modelos contam com uma teleobjetiva que permitem zoom de até 30x. Só que nos aparelhos deste ano, a Samsung promete uma melhor estabilização de imagem com ajuda dela novamente, a inteligência artificial, que produzirá imagens mais nítidas e menos tremidas.

Galaxy S21 Ultra: mais câmeras e suporte à canetinha

Mais poderoso entre os novos aparelhos, o Galaxy S21 Ultra conta com uma tela com taxa de atualização de até 120 GHz de 6,8 polegadas (cerca de 17,3 centímetros) —se aproximando bastante dos 6,9 polegadas do Galaxy Note 20 Ultra de 2020.

Galaxy S21 Ultra ao lado do Galaxy S21 - Divulgação - Divulgação
Galaxy S21 Ultra (esq.) ao lado do Galaxy S21
Imagem: Divulgação

O visor suporta ainda reprodução de vídeo em HDR de 12 bits, o que confere 64 vezes mais cores na reprodução de imagem, e um brilho de até 1.500 nits —na prática, isso deve ajudar a ver claramente a tela debaixo de sol forte. Para aguentar tudo isso, a bateria é de 5.000 mAh.

Quanto às câmeras, na traseira são quatro sensores. Um principal de 108 MP, duas câmeras teleobjetivas de 10 MP (sendo uma com zoom ótico de 3x e outra de 10x) e uma ultra-grande angular de 12 MP. Para selfie, o sensor frontal é de 40 MP. Há ainda um quinto sensor na traseira que é de infravermelho para ajudar no foco automático.

Os recursos de câmera dele são os mesmos dos Galaxy S21 e Galaxy S21+, previamente citados, com alguns acréscimos.

Na parte de vídeo, o S21 Ultra permite fazer filmagem 4K em 60 quadros por segundo em todas as lentes da traseira, além de permitir gravações em 8K com estes sensores.

O modo noturno recebeu melhorias no S21 Ultra. Segundo a Samsung, o sensor de 108 MP conta com uma tecnologia chamada nano-binding, que transforma nove pixels em um só, reduzindo os ruídos de imagens captadas com pouca luz.

Galaxy S21 Ultra - Guilherme Tagiaroli/UOL - Guilherme Tagiaroli/UOL
Frente do Galaxy S21 Ultra
Imagem: Guilherme Tagiaroli/UOL

O S21 Ultra também conta um sensor UWB (ultra banda larga), um sistema que possibilita a comunicação mais precisa com outros itens conectados. Uma facilidade da tecnologia é, por exemplo, usar o smartphone como fechadura para o carro. A Samsung diz que alguns veículos vão começar a ganhar o recurso durante este ano.

Capa do Galaxy S21 Ultra - Divulgação - Divulgação
Galaxy S21 Ultra com capa que permite guardar a canetinha S Pen (vendida separadamente)
Imagem: Divulgação

E a canetinha? Bem, o Galaxy S21 Ultra é o primeiro smartphone da família S a ser compatível com o acessório da empresa. Mesmo assim, interessados devem comprar a caneta separadamente. Não há um suporte no aparelho para anexá-la, como no Galaxy Note. Então, a empresa venderá uma capa para o S21 Ultra em que ela pode ser guardada.

Ficha técnica: Galaxy S21

  • Memórias: 8 GB de RAM + 128 GB/256 GB de armazenamento (não dá para aumentar com cartão de memória microSD)
  • Sistema operacional: Android 11 com interface OneUI 3
  • Processador: Exynos 2100 (nos EUA vai ser o Snapdragon 888)
  • Tela: Oled 6,2 polegadas FHD+ (com taxa de atualização de 48Hz até 120 Hz)
  • Câmera selfie: 10 MP
  • Câmeras traseiras: 64 MP (f/2.0) + ultra-grande angular de 12 MP + teleobjetiva de 12 MP
  • Bateria: 4.000 mAh
  • Resistência à agua: IP68
  • Cores: violeta, rosa, cinza e branco
  • Conectividade: 5G e Wi-Fi 6
  • Peso: 171 g

Ficha técnica: Galaxy S21+

  • Memórias: 8 GB de RAM + 128 GB/256 GB de armazenamento (não dá para aumentar com cartão de memória microSD)
  • Sistema operacional: Android 11 com interface OneUI 3
  • Processador: Exynos 2100 (nos EUA vai ser o Snapdragon 888)
  • Tela: Oled de 6,7 polegadas FHD+ (com taxa de atualização de 48Hz até 120 Hz)
  • Câmera selfie: 10 MP
  • Câmeras traseiras: 64 MP (f/2.0) + ultra-grande angular de 12 MP + teleobjetiva de 12 MP com estabilização óptica
  • Bateria: 4.800 mAh
  • Resistência à agua: IP68
  • Cores: prata e preto
  • Conectividade: 5G, Wi-Fi 6 e UWB
  • Peso: 202 g

Ficha técnica: Galaxy S21 Ultra

  • Memórias: 12 GB/16 GB de RAM + 128 GB/256 GB/512 GB de armazenamento (não dá para aumentar com cartão de memória microSD)
  • Sistema operacional: Android 11 com interface OneUI 3
  • Processador: Exynos 2100 (nos EUA vai ser o Snapdragon 888)
  • Tela: Oled de 6,8 polegadas QuadHD (com taxa de atualização de 10 Hz até 120 Hz)
  • Câmera selfie: 40 MP
  • Câmeras traseiras: 108 MP + ultra-grande angular de 12 MP + teleobjetiva de 12 MP com zom de 3x + teleobjetiva de 10 MP com zoom de 10x
  • Bateria: 5.000 mAh
  • Resistência à agua: IP68
  • Cores: prata e preto
  • Conectividade: 5G, Wi-Fi 6e, UWB e S Pen
  • Peso: 228 g