PUBLICIDADE
Topo

Nuvens que parecem óvnis são finalistas em prêmio de fotografia; veja

Nuvem "disco voador" na Argentina - Francisco Javier Negroni Rodriguez
Nuvem 'disco voador' na Argentina Imagem: Francisco Javier Negroni Rodriguez

Lucas Carvalho

De Tilt, em São Paulo

24/10/2020 13h24

A Royal Meteorological Society (RMS), uma organização britânica de estudos de meteorologia, anunciou nesta semana os vencedores e finalistas do seu anual prêmio de fotografia. Entre os ganhadores deste ano estão tempestades, neblinas, arco-íris, halos solares e... discos voadores?

Na verdade, não. A imagem que você vê acima é de uma nuvem lenticular, popularmente conhecida como "nuvem óvni", fotografada em março de 2019 na Argentina pelo chileno Francisco Javier Negroni Rodriguez. Apesar do posicionamento suspeito, esta é uma formação comum em regiões montanhosas como a da Patagônia.

Segundo a RMS, nuvens lenticulares surgem quando um intenso processo de condensação e evaporação acontece dentro de nuvens formadas no topo de montanhas como esta em El Chaltén.

Nuvem lenticular - Reprodução/Francisco Javier Negroni Rodriguez - Reprodução/Francisco Javier Negroni Rodriguez
Nuvem lenticular vista na Argentina
Imagem: Reprodução/Francisco Javier Negroni Rodriguez

Outras nuvens também ficaram entre as finalistas do prêmio da RMS. A fotografia a seguir ficou em segundo lugar no concurso e mostra o que se chama de "nuvem monstro" ou "nuvem estante". "O ar quente e úmido que sobe dentro da corrente ascendente de uma tempestade esfria e condensa acima da corrente descendente resfriada pela chuva", produzindo este formato assustador, segundo a RMS.

Nuvem monstro - Maja Kraljik - Maja Kraljik
Nuvem monstro vista na Croácia
Imagem: Maja Kraljik

A fotografia abaixo pode te lembrar de uma frota de discos voadores se preparando para invadir a Terra, mas é apenas mais uma nuvem. Chamada "mammatus", esta formação costuma surgir na parte inferior de uma tempestade e é resultado do ar frio e úmido da chuva se chocando com o ar seco de uma região que há tempos não via água caindo do céu.

Mammatus - Boris Jordan - Boris Jordan
Nuvem do formato mammatus vista na Alemanha
Imagem: Boris Jordan

Já a foto a seguir rendeu o prêmio de "revelação do ano" (sem trocadilhos) para a autora. A jovem americana Emma Rose Karsten, de apenas 17 anos, registrou o momento em que uma tempestade de trovões se formava sobre o estacionamento do seu colégio em Wildwood, Missouri. Essa não parece disco voador, mas também assusta.

Tempestade - Emma Rose Karsten - Emma Rose Karsten
Tempestade em Missouri
Imagem: Emma Rose Karsten