PUBLICIDADE
Topo

Adeus, iPhone 6: veja os celulares da Apple que não receberão o iOS 14

iPhone 6, lançado em 2014, está fora da lista de celulares que receberão iOS 14 - Divulgação
iPhone 6, lançado em 2014, está fora da lista de celulares que receberão iOS 14 Imagem: Divulgação

De Tilt, em São Paulo

30/09/2020 15h27

A Apple anunciou em setembro o lançamento do iOS 14, novaa versão do sistema operacional da empresa para iPhones. Se você é da turma que usa e adora os celulares da empresa, mas só pega as versões mais velhinhas, temos uma má notícia: você pode não ser contemplado com o sistema.

Em seu anúncio, a Apple especificou a lista dos iPhones que receberão o iOS 14 —a lista ainda inclui o iPod Touch da sétima geração, lançado em maio deste ano.

Mas o que chama a atenção no anúncio são os que não vão receber o sistema. São eles:

  • iPhone 6
  • iPhone 5S
  • iPhone 5C
  • iPhone 5
  • iPhone 4S
  • iPhone 4
  • iPhone 3GS
  • iPhone 3G
  • iPhone original (de 2007)

Alguns desses aparelhos mais antigos ainda estão à venda em sites de ecommerce, mas normalmente como produto usado. Já estes modelos vão receber o iOS 14 normalmente:

O que acontece com os celulares que não receberão o iOS 14?

Eles continuam funcionando normalmente com a última versão do iOS compatível, que varia de acordo com a "idade" do aparelho. Os iPhones 6 e 5S, por exemplo, são compatíveis com iOS 12 ou versões anteriores. O iPhone 5 e o 5C alcançam até o iOS 10.

A parte ruim é que um sistema operacional novo traz muitas melhorias (falaremos delas abaixo), então quem não puder atualizar o celular para o iOS 14 vai ficar sem essas novidades.

Por que a Apple não disponibiliza o iOS novo para todos os iPhones?

Por dois motivos. Um deles é que esses aparelhos são muito defasados tecnologicamente e alguns dos recursos pensados para o novo sistema não "casam" com a ficha técnica dos celulares, além da natural perda de processamento causada pela vida útil do celular.

O outro motivo é que atualizações de sistema costumam ser pesadas e alguns dos celulares muito antigos sequer teriam armazenamento livre suficiente para receber a atualização, mesmo que estejam funcionando bem no restante das funções. O iPhone 6 mais barato, por exemplo, tem apenas 16 GB de armazenamento —os celulares mais novos têm 64 GB ou mais.

Há quem especule que uma causa não assumida pela Apple é uma suposta obsolescência programada, mas essa é uma discussão longa e tema para um outro texto.

Novidades do iOS 14

O que terá o iOS 14?

Apps mais organizados: sabe aquela zona no celular com vários aplicativos espalhados por inúmeras telas? O iOS 14 contará com um recurso chamado "App Library". Esse novo espaço organiza automaticamente os aplicativos, principalmente os que ficam escondidos nas últimas páginas do celular, em coleções.

Widgets de diferentes formas: presentes há tempos no Android, os widgets passaram a ser adotados nos últimos tempos pela Apple e agora ganham ainda mais relevância. A função ganhou design totalmente novo e bem semelhante ao que já ocorre no sistema rival. Agora, os widgets podem ser personalizados em vários tamanhos dentro da tela inicial do iPhone e em meio aos apps.

Vídeo em segundo plano: também como no Android, agora ao abrir um vídeo no iPhone, você poderá sair da visualização em tela cheia e deixar o vídeo rolando no canto da tela enquanto usa algum outro aplicativo.

App Clips: O usuário aparentemente pode usar "partes dos apps" sem precisar baixar o aplicativo completo. O App Clips, segundo a Apple, é uma parte rápida e leve de um aplicativo maior —o recurso precisa conter no máximo 10 MB. Ele funciona surgindo em forma de card na tela e, com esse card, você abre uma funcionalidade específica do aplicativo.

Siri, Mapas e mais: A Siri deverá entender melhor dicção, por exemplo, e não vai mais tomar toda a tela do celular ao acioná-la, apenas uma pequena área. Já o Mapas ganhará uma função de "guia" de cidades e localidades pelo mundo.