AirPod Pro terá isolamento de voz e rastreio da cabeça para aceitar ligação

Em breve os donos dos fones AirPods Pro (2ª geração), da Apple, poderão aceitar ou negar ligações a partir do balançar da cabeça, assentindo ou negando, para responder quando a Siri avisar que existe uma chamada.

A novidade foi anunciada hoje (10) durante a conferência para desenvolvedores WWDC 2024, realizada nesta semana.

"Graças ao aprendizado de máquina do chip H2 [presente dentro do fone de ouvido], as interações com a Siri permitem que as pessoas atendam ou realizem chamadas, interajam com as mensagens, administrem as notificações e muito mais, sem precisar falar", destacou a empresa em seu comunicado.

Além disso, a Apple anunciou que os AirPods Pro ganharão o recurso de isolamento de voz, também presente no iPhone, para melhorar a qualidade do som.

Imagine que você recebeu uma ligação de uma pessoa que está usando os fones numa rua barulhenta e com muito vento. Com o isolamento, a voz dela será transmitida sem a interferência desses ruídos, segundo a Apple.

A terceira novidade envolvendo os fones de ouvido da marca é o Áudio Espacial Personalizado para videogames. Ele usa um sistema de rastreamento dinâmico da cabeça para melhorar a imersão e oferecer um som mais envolvente.

O primeiro game a ter a função é o "Need For Speed". A novidade será liberada para o AirPods (3ª geração), AirPods Pro e AirPods Max. Contudo, ainda não há uma data oficial.

"Quem usa os AirPods Pro também poderá ouvir uma qualidade de voz melhor, com áudio de 16 bits a 48 kHz, ao conversar com amigos e outros jogadores", complementou a companhia.

Ainda sobre os fones de ouvido, o UOL encontrou a versão AirPods Pro com preços promocionais nesta segunda:

Continua após a publicidade

Apple AirPods Pro

Divulgação

Divulgação

AirPods Pro (2ª geração) - Amazon
17% OFF
de R$ 2.199,00 por R$ 1.812,02COMPRAR
Divulgação

Divulgação

AirPods Pro (2ª geração) - Magalu
24% OFF
de R$ 2.599,00 por R$ 1.961,10COMPRAR

O UOL escolhe cada produto de forma independente e checa os preços na data da publicação (ou seja, podem variar!). Ao comprar pelos nossos links, ganhamos uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. O UOL não é dono nem participa da comercialização dos produtos oferecidos neste conteúdo. Dessa forma, não nos responsabilizamos pelos itens anunciados.

Deixe seu comentário

Só para assinantes