PUBLICIDADE
Topo

Pandemia na Campus Party: 1º dia de evento fala sobre covid e tendências

Daniela Klaiman, do blog O Mundo Mudou, falou sobre a tecnologia cria novas realidades na CP Digital Brasília - Reprodução de vídeo
Daniela Klaiman, do blog O Mundo Mudou, falou sobre a tecnologia cria novas realidades na CP Digital Brasília Imagem: Reprodução de vídeo

Thiago Varella

Colaboração para Tilt

09/07/2020 22h54

Se por um lado, a pandemia de covid-19 foi a grande responsável por fazer a Campus Party ter uma versão 100% digital, por outro foi um dos temas favoritos das dezenas de palestras do primeiro dia de evento.

Teve papo sobre cultura maker na pandemia, uso de dados sendo usado no desenvolvimento de cidades durante a covid-19, sobre como o home office não é o novo normal, sobre como o futuro mudou e mais diversas outras palestras com temas desse tipo. Pudera, em um evento desse porte, não dá para fugir do tema do momento.

Pandemia? Claro que o Atila falou

Até Atila Iamarino, o cientista mais pop do Brasil pandêmico, participou desse dia de Campus Party. Não, ele não foi liberar a gente para sair às ruas —quem dera— mas foi falar sobre algo que entende bem, a democratização do conhecimento científico, junto com a Rafaela Lima e a Clarissa Orberg, no palco Living Better, da Campus Party Goiás.

"Em 2009, teve a gripe suína que foi a última pandemia que não foi problemática. E, por causa dela, vi que tinha uma demanda muito grande do público por informação técnico-científica, mas que tivesse mais palatável. Que é diferente da informação que a imprensa pode dar", disse.

Uma CP diferente

A Campus Party Digital Edition está sendo bem diferente do que os 'campuseiros' estavam acostumados. São três edições nacionais, diversos 'palcos' simultâneos em cada uma delas e mais de 15 palestras concomitantes em português para acompanhar. É preciso muita organização de quem quer participar para não perder nada.

Nesse primeiro dia, Brasília teve boas discussões sobre o futuro do trabalho e ciência. Goiás teve papos interessantes sobre medicina e tecnologia em saúde. E a edição Amazônia tratou bastante sobre desenvolvimento social e gestão de pessoas. Mas claro que as três edições nacionais abriram espaço para vários tipos de palestras.

Estrangeiros também falaram no palco global

Há um palco em comum nas edições da Campus Party que estão ocorrendo simultaneamente em 30 países diferentes. O palco global teve como destaque no primeiro dia de evento Don Tapscott, presidente executivo do Instituto de Pesquisa em Blockchain, que falou sobre a segunda era do mundo digital.

Segundo Tapscott, agora é momento de falar em machine learning, veículos autônomos, realidade virtual, uso popular de drones, geração e distribuição descentralizada de energia, entre outros assuntos.

Tilt na Campus Party

Tilt, o portal de ciência e tecnologia do UOL, é parceiro oficial de mídia da Campus Party. E nossos blogueiros também estão participando do evento.

Nesse primeiro dia, Felipe Zmoginski, do blog Copy From China e Renato de Castro, do blog Cidades Mais Inteligentes, palestraram na CP Digital Goiás, e Daniela Kleiman, do blog O Mundo Mudou, participou da CP Digital Brasília.

Vida não vai voltar ao normal

Felipe Zmoginski, do blog Copy From China, iniciou a programação do palco Work Life, na CP Digital Goiás, e mostrou dez provas de que a vida não vai voltar ao normal pós-covid-19.

"Os late adopters não vão voltar para a vida offline. O tiozão que não gostava de usar aplicativo de celular ou a senhora que tinha medo de usar cartão na internet passarão a usar mais o canal online."

Itália do coronavírus e o mundo pós-pandêmico

Renato de Castro, do blog Cidades Mais Inteligentes, abriu o palco New Horizons, da CP Digital Goiás, para falar da experiência dele na crise do coronavírus na Itália, onde ele está vivendo e as tendências para o mundo pós-pandemia.

"Nós sim voltaremos ao normal, mas no novo normal o que muda não é a tecnologia, mas a velocidade de mudança da realidade. Empresas, governos, pessoas e escolas que querem se tornar mais resilientes precisam entender que a tomada de decisão e o ajuste de rumo têm que ser tomado muito mais rápido do que o que a gente fazia."

Novas realidades

Daniela Klaiman, do blog O Mundo Mudou, falou sobre a tecnologia cria novas realidades no palco New Horizons, na CP Digital Brasília.

"Estamos entrando na web 3.0 que é inteira sobre experiências. Como sobre eu posso experienciar coisas nesse universo digital."

No segundo dia tem mais

Uma das palestras mais esperadas do palco global, o bate-papo reunindo Al Gore, Tim Berners Lee e Vint Cerf, vai ocorrer neste segundo dia de Campus Party, às 17h.

Letícia Piccolotto, do blog GovTech, vai dar uma palestra com o tema "Brasil GovTech: impactos da pandemia para a digitalização de serviços públicos", às 17h, no palco New Horizons, na CP Digital Brasília. Já André Noel, do blog Um Sisteminha Simples, estará na palestra "Vida de Programador em Quarentena", às 20h, no palco Work Life, na CP Digital Goiás.