PUBLICIDADE
Topo

Vem aí a Campus Party 2020: veja detalhes da versão 100% online e gratuita

Tim Berners-Lee, criador da World Wide Web, comentou na Campus Party 2011 sobre o Wikileaks. Ele disse que, por mais que a internet seja livre, deve haver cuidado com conteúdo adquirido de forma ilícita - Rodrigo Paiva/UOL
Tim Berners-Lee, criador da World Wide Web, comentou na Campus Party 2011 sobre o Wikileaks. Ele disse que, por mais que a internet seja livre, deve haver cuidado com conteúdo adquirido de forma ilícita Imagem: Rodrigo Paiva/UOL

Thiago Varella

Colaboração para Tilt

02/07/2020 17h56Atualizada em 03/07/2020 15h24

Um dos maiores eventos de inovação, criatividade e cultura maker do planeta, a Campus Party terá pela primeira vez em sua história uma edição 100% online e simultânea em 30 países diferentes. Com o nome Campus Party Digital Edition, será organizada de 9 a 11 de julho, com inscrição gratuita e a participação de diversos palestrantes brasileiros e de outros locais do mundo. Tilt, o portal de ciência e tecnologia do UOL, será parceiro oficial de mídia do evento.

Quem está acostumado com a versão física do evento pode estranhar um pouco a falta de contato com outras pessoas e o tradicional mar de barraquinhas dos campuseiros. A pandemia do coronavírus fez essa parte ser cancelada, mas os organizadores prepararam uma série de eventos para a comunidade e estão incentivando que os participantes online também montem sua barraca de onde estiverem.

A edição 2020 da Campus Party traz como um dos destaques Tim Berners-Lee, inventor do protocolo World Wide Web; Vinton G. Cerf, vice-presidente e evangelista-chefe de internet do Google; e Al Gore, ex-vice-presidente americano, no dia 10 de julho, às 12h. Eles falarão sobre o tema "Reboot the Web, by the fathers of the internet" (Resetando a web, pelos pais da internet).

Edward Snowden, analista de sistemas que tornou públicos detalhes de vários programas de vigilância global do governo americano, vai falar no dia 11, às 11h, em uma conversa que o evento chama de "como reiniciar o mundo".

Essas palestras vão ocorrer no palco global "Reboot the World", com tradução simultânea para o português.

A Campus Party também vai ter o "Call for Ideas", que tem a ideia de transformar os debates realizados em ideias para transformar a sociedade. Os milhares de participantes poderão contribuir com suas ideia para reiniciar o planeta.

No Brasil, em três locais

A interação brasileira da Campus Party com o evento global será concentrada em três locais: Brasília, Goiás e Amazônia. Ao se inscrever, o campuseiro poderá acompanhar o conteúdo de todas elas, assim como das edições internacionais.

Os três polos brasileiros terão diversos palcos com temáticas diferentes, como o Green Deal (energia limpa e sustentável), Joy of Live (entretenimento digital), Living Better (saúde e ciência), New Horizons (educação e cidades inteligentes) e Work Life (emprego e economia).

Além disso, haverá uma Arena Podcast, com palestras voltadas ao formato de áudio, e o palco Include, que é o projeto social da Campus Party que monta laboratórios tecnológicos em periferias de todo o Brasil.

A edição de Goiás vai organizar um hackathon com o tema "Agro e Logística", se valendo das potencialidades econômicas do Estado do agronegócio e da localização estratégica da geografia local.

A agenda de cada uma das edições pode ser vista nas páginas oficiais da Campus Party Digital Brasília, da Campus Party Digital Goiás e da Campus Party Digital Transire Amazônia, e também no YouTube.

Tilt na Campus Party

Seis blogueiros de Tilt vão participar da Campus Party Digital Edition para trazer suas experiências ao evento. Veja a lista das palestras:

  • Felipe Zmoginski, do blog Copy From China, na palestra "10 provas de que a vida não volta ao normal pós-Covid" (dia 9, às 14h, no palco Work Life, na CP Digital Goiás)
  • Renato de Castro, do blog Cidades Mais Inteligentes, na palestra "Economia Km 4.Zero: O novo paradigma do superlocal e hipertecnólogico" (dia 9, às 14h, no palco New Horizons, na CP Digital Goiás)
  • Daniela Kleiman, do blog O Mundo Mudou, na palestra "A tecnologia criando novas realidades" (dia 9, às 20h, no palco New Horizons, na CP Digital Brasília)
  • Letícia Piccolotto, do blog GovTech, na palestra "Brasil GovTech: impactos da pandemia para a digitalização de serviços públicos" (dia 10, às 17h, no palco New Horizons, na CP Digital Brasília)
  • André Noel, do blog Um Sisteminha Simples, na palestra "Vida de Programador em Quarentena" (dia 10, às 20h, no palco Work Life, na CP Digital Goiás)
  • Ronaldo Matos, do blog Quebrada Tech, na palestra "Quebrada Tech - Uma visão jornalística e periférica da tecnologia" (dia 11, às 14h, no palco New Horizons, na CP Digital Goiás)

Todas as palestras poderão ser vistas nos sites oficiais da Campus Party Digital Edition após a inscrição gratuita. Mais informações estão no site brasil.campus-party.org.