PUBLICIDADE
Topo

Estudo: 110 milhões de brasileiros acreditam em notícias falsas sobre covid

Notícias falsas de coronavírus pela internet atingem 7 a cada 10 brasileiros - Istock
Notícias falsas de coronavírus pela internet atingem 7 a cada 10 brasileiros Imagem: Istock

De Tilt, em São Paulo

04/05/2020 20h41

Uma pesquisa da Avaaz aponta que sete em cada dez internautas brasileiros, cerca de 100 milhões de pessoas, acreditam em ao menos uma notícia falsa a respeito da pandemia de coronavírus.

Segundo o estudo, 6 em cada 10 internautas receberam as fake news pelo WhatsApp. O Facebook é a segunda plataforma com maior propagação de notícias falsas, com 5 em cada 10 internautas recebendo fake news pela rede social.

"Mais preocupante ainda é que 110 milhões de brasileiros acreditam em ao menos uma notícia falsa que afeta as decisões que as pessoas tomam para se proteger. Isso pode levar cada indivíduo a contagiar centenas de pessoas com o coronavírus, anulando os esforços de médicos e do poder público", afirmou Laura Moraes, coordenadora de campanhas da Avaaz, em comunicado.

A pesquisa também foi realizada nos Estados Unidos e na Itália e aponta que usuários brasileiros acreditam mais nas notícias falsas.

Ao menos 73% dos brasileiros acreditaram em alguma fake news, seguidos por 65% dos americanos e 59% dos italianos.

Entre os entrevistados, 80% disseram que gostariam de receber informações corrigidas por verificadores de fatos. No entanto, 57% alegaram não terem visto nenhuma correção ou sinal de alerta sobre conteúdo falso ou enganoso no Facebook.